Visionários e inovadores discutem Direito e Tecnologia na Abreu Advogados

Decorre de 23 a 26 de novembro a 2.ª edição da conferência Lisbon, Law & Tech, o evento internacional digital organizado pelo Instituto do Conhecimento da Abreu Advogados.

Entre os oradores estão o britânico Richard Susskind, o influente autor de “Tomorrow’s Lawyers” e de “Online Courts and the Future of Justice”, e o americano Joshua Walker, autor de “On Legal AI”, co-fundador do CodeX (Centro de Informática Jurídica de Stanford) e de Lex Machina (a primeira startup de Legal Analytics).

Este que é já um dos mais reconhecidos eventos internacionais sobre o Direito e a Tecnologia, é organizado pelo Instituto do Conhecimento desta sociedade, com o apoio da Católica Global School of Law e da ANJAP – Associação de Jovens Advogados Portugueses.

O Lisbon, Law & Tech apresenta este ano um programa de quatro dias em formato digital, para aprofundar temas como a digitalização da justiça, a regulação da Inteligência Artificial, o Legal Design e o uso da tecnologia na prestação de serviços jurídicos.

Para além de Susskind e Walker, serão oradores, entre outros, Meera Klemola, pioneira do Legal Design (Finlândia), Alexandre Zavaglia, CEO da Legal Score (Brasil), Eduardo Magrani, Investigador na Konrad Adenauer Stiftung (Alemanha), Dora Kaufman, investigadora em Inteligência Artificial (Brasil); e Manuel Levi, CEO da Enlightenment AI (Reino Unido).

Para Luís Barreto Xavier, coordenador do Instituto organizador deste evento, “a tecnologia provoca uma disrupção significativa na prática do Direito, que importa compreender, discutir e analisar, avaliando o seu potencial e os seus riscos. Na segunda edição do Lisbon, Law & Tech, que pela primeira vez será em formato digital, quisemos contribuir para esse debate com um programa único que reunisse alguns dos temas de vanguarda do Direito e Tecnologia, com interesse para advogados, juízes, profissionais de Legal Tech e estudantes. Por essa razão, estamos muito satisfeitos por ter conseguido reunir nesta conferência de quatro dias alguns dos nomes mais preponderantes de áreas como o legal tech, legal design e inteligência artificial.”.

Portugal estará representado na sessão por Maria dos Prazeres Beleza, Vice-Presidente do Supremo Tribunal de Justiça; Carmo Sousa Machado, Vice-Presidente da Ordem dos Advogados Portugueses, Chairman da Abreu Advogados e Chaiman da Multilaw; Ricardo Henriques, sócio da Abreu Advogados e especialista em tecnologias de informação e proteção de dados pessoais; Pedro Barosa, sócio contratado de Contencioso Penal; Helder Galvão, Consultor, e Luís Barreto Xavier. A sessão será encerrada pelo Managing Partner da Abreu Advogados, Duarte de Athayde.

A conferência é gratuita, mas sujeita inscrição prévia através deste formulário.

Conheça o programa completo:

23 novembro, 11h00 (WET) 
Opening | Online Courts and Justice in Times of Pandemics

  • Richard Susskind (Author, President of the Society for Computers and Law, United Kingdom)
  • Maria dos Prazeres Beleza (Justice and Vice-President of the Supreme Court of Justice, Portugal)
  • Pedro Barosa (Criminal Litigation Lawyer, Portugal)
  • Moderator: Carmo Sousa Machado (Lawyer, Vice-President for Portuguese Bar Association, Portugal)

24 novembro, 11h00 (WET) 
Legal Design | Interfaces between Law and Design

  • Meera Klemola (Legal Design expert, Finland)
  • Alexandre Zavaglia (CEO, Legal Score, Brazil)
  • Moderator: Ricardo Henriques (IT Lawyer, Portugal)

25 novembro, 11h00 (WET)
Global Trends and Regulation in Artificial Intelligence

  • Eduardo Magrani (Senior Fellow, Konrad Adenauer Stiftung, Germany)
  • Dora Kaufman (AI researcher, Brazil)
  • Manuel Levi (CEO, Enlightenment AI, United Kingdom)
  • Moderator: Helder Galvão (Of Counsel, Portugal)

26 novembro, 11h00 (GMT)
On Legal Engineering | Closing

  • Joshua Walker (Author, Co-founder CodeX and Lex Machina, Stanford, USA)
  • Moderator: Luís Barreto Xavier (Coordinator of the Knowledge Institute of Abreu Advogados, Portugal)
  • Closing words: Duarte de Athayde (Managing Partner, Abreu Advogados)

 

Este conteúdo patrocinado foi produzido em colaboração com a Abreu Advogados.

Recomendadas

A Mobilidade elétrica acelera a descarbonização das empresas

Na sua definição mais simples, descarbonizar significa “tirar carbono a”. E no caso da energia, significa que cada vez mais, queremos trocar as energias fósseis, que emitem gases de efeito estufa, por mais energias verdes, renováveis.

Euribor em máximos de uma década

O que pode fazer para cobrir a subida dos juros do seu empréstimo à habitação?

Mobilidade Sustentável: conheça a aposta da Schindler

Com a missão de ser cada vez mais sustentável, a Schindler estabeleceu para o ano de 2030 uma redução de 50% nas emissões de gases com efeito de estufa das suas atividades, com base nos dados de 2020.
Comentários