Vista Alegre concretizou aumento de capital para cerca de 122 milhões de euros

A totalidade das acções disponibilizadas nesta oferta foi subscrita.

A empresa cerâmica Vista Alegre anunciou há minutos o mercado a confirmar a concretização do aumento de capital da empresa de 92,5 para 121,9 milhões de euros.

“Assim, foi subscrita a totalidade das 10.600.331 ações da oferta ao preço de subscrição unitário de 0,14 euros (…). Ainda no âmbito do aumento do capital social da VAA acima referido foram subscritas pelo acionista CERUTIL – Cerâmicas Utilitárias, S.A. 357.142.858 ações na modalidade de entradas em espécie, tendo a entrada sido constituída por conversão de créditos desta sociedade sobre o emitente no montante de 50.000.000,12 euros”, explica a Vista Alegre em comunicado enviado à CMVM – Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

O mesmo documento acrescenta que, “face ao exposto, tendo em consideração as ações subscritas no âmbito da oferta e as ações subscritas em espécie pelo acionista CERUTIL – Cerâmicas Utilitárias, S.A., serão emitidas 367.743.189 novas ações representativas do capital social da VAA, o qual será elevado dos atuais 92.507.861,92 euros para 121.927.317,04 euros, passando a estar representado por 1.524.091.463 ações ordinárias, escriturais, nominativas e com o valor nominal unitário de 0,08 euros”.

Recomendadas

EDP Renováveis vende Companhia Paranaense de Energia por 350 milhões de euros

A venda foi feita por um Enterprise Value (inclui dívida) estimado de 1,80 mil milhões de reais a 31 de dezembro de 2021 (o que equivale a 0,35 mil milhões de euros à taxa cambial de 5,16 euros/um real), e que será ajustado à data de conclusão.

Sindicatos desconvocam greve no Metro de Lisboa marcada para quarta-feira

No entanto, a Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações entregou um novo pré-aviso de paralisação para 25 de outubro.

Talent Protocol compra empresa canadiana ligada à blockchain

A escolha recaiu sobre a Agora Labs, fundada por um grupo de quatro adolescentes. Matthew Espinoza (agora com 20 anos) e Freeman Zhang (de 19 anos) juntam-se à equipa da startup portuguesa dos ‘tokens’ para profissionais talentosos.
Comentários