Viticultores reclamam pagamento de colheitas

Os viticultores queixam-se que os custos de produção, de mão de obra e dos produtos para combater as pragas das vinhas têm vindo a aumentar enquanto os lucros são cada vez mais reduzidos.

Os Viticultores Unidos da Madeira dizem em comunicado que estão à espera do pagamento devido pelas suas colheitas acrescentando que esta é a primeira vez que uma coisa destas acontece e que estão à espera desse dinheiro para pagar contas.

No comunicado os viticultores explicam que venderam “mais de metade” da produção a um preço muito baixo manifestando a sua incompreensão pelo aumento dos “lucros das casas de vinho” e as “exportações de Vinho Madeira” enquanto os viticultores estão cada vez mais “pobres e explorados”.

Os viticultores queixam-se de andarem aflitos para vender as uvas e que o custo de produção “é cada vez mais elevado” a par da mão-de-obra e dos produtos para combater as pragas da vinha a que acresce lucros cada vez mais reduzidos.

O comunicado acusa ainda o secretário regional das Pescas e Agricultura, Humberto Vasconcelos, de causar “estragos na agricultura, pecuária e pescas da Madeira” como “um elefante solto dentro de um armazém de porcelanas”. Os viticultores dizem não compreender o motivo do presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, ainda o manter em funções quando existiram secretários regionais que caíram por bem menos.

 

Recomendadas

PS critica oportunidades perdidas do Governo da Madeira para renovar frota pesqueira e considera apoios insuficientes

O PS acusa o Governo Regional de ter as prioridades erradas e critica o executivo por não ter usadas verbas de fundos comunitários e do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) para a renovação da frota pesqueira de peixe-espada preto.

Presidente da Câmara do Funchal quer canalizar apoios para quem mais precisa e abranger mais pessoas

O autarca acrescentou “que mais importante do que dar o peixe é ensinar a pescar”, o que “obriga-nos a dar condições às pessoas para produzirem mais e melhor, e sermos mais justos com quem realmente precisa”.

Madeira: PTP expressa preocupação com programa de recuperação de cirurgias

O partido defende a alocação de mais recursos para os programas de recuperação de cirurgias, e considera que este deveria ser “eficiente e servir os seus objetivos de recuperação e não contribuir para agravar e desestabilizar o que está funcionando bem na saúde”.
Comentários