Vladimir Putin diz que Rússia vai lançar o seu primeiro míssil nuclear hipersónico

Os primeiros mísseis estão programados para serem lançados no próximo ano. “É um grande momento na vida das forças armadas e na vida do país”, refere o presidente russo.

Vladimir Putin

O presidente russo, Vladimir Putin, afirmou esta quarta-feira que a Rússia vai lançar o seu primeiro regimento de mísseis hipersónicos com capacidade nuclear no ano de 2019, sublinhando que esta medida significa que o seu país tem agora um novo tipo de arma estratégica, revela a agência “Reuters”.

Vladimir Putin falou numa reunião do Governo depois de supervisionar o que o Kremlin chamou de um teste de pré-implantação do novo sistema de mísseis, chamado ‘Avangard‘. “Este teste, que acabou de terminar foi um completo sucesso”, referiu o presidente russo.

“A partir do ano que vem, 2019, as forças armadas da Rússia receberão o novo sistema estratégico intercontinental ‘Avangard‘. É um grande momento na vida das forças armadas e na vida do país. A Rússia obteve um novo tipo de arma estratégica”, destacou Vladimir Putin.

A Rússia disse que o novo sistema de mísseis, uma das várias novas armas que Vladimir Putin anunciou no passado mês de março, é altamente manobrável, permitindo evitar facilmente sistemas de defesa antimíssil.

Vladimir Putin observou o teste desta quarta-feira no edifício do Ministério da Defesa da Rússia em Moscovo. O Kremlin descreveu o teste em comunicado, referindo que “um míssil ‘Avangard‘, lançado de uma zona situada no sudoeste da Rússia, atingiu com sucesso e destruiu um alvo no Extremo Oriente russo”.tin

Recomendadas

Eleições em São Tomé. Patrice Trovoada exorta primeiro-ministro a reconhecer a derrota

O presidente da Ação Democrática Independente (ADI), partido mais votado nas legislativas de São Tomé e Príncipe, exortou hoje o primeiro-ministro, Jorge Bom Jesus, a reconhecer a derrota do MLSTP/PSD “o mais rapidamente possível” para apaziguar o clima social.

CPLP e comunidade da África Central negoceiam cooperação política e de formação em português

A Comunidade Económica dos Estados da África Central e a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) discutiram hoje formas de cooperação no domínio político, desenvolvimento da língua portuguesa e comissões de observação eleitoral, referiram responsáveis das organizações.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.
Comentários