Vodafone sobe preços em 7,8% a partir de 1 de março (com áudio)

A empresa de telecomunicações fez saber que a variação segue a evolução do Índice de Preços no Consumidor.

A Vodafone vai subir os preços dos seus pacotes a partir do dia 1 de março, com um aumento máximo de até 7,8% no valor global da fatura, conforme os serviços subscritos pelos consumidores. A variação vai seguir a variação do Índice de Preços no Consumidor (IPC) referente ao ano de 2022, divulgado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), segundo informou a Vodafone em comunicado no site oficial.

A empresa de telecomunicações justifica a decisão com o cenário de “aumentos significativos nos preços da energia e das matérias-primas”, explicando que a situação macroeconómica e geopolítica gera aumentos “custos operacionais e de manutenção e gestão da rede de suporte”.

A Vodafone informa ainda que os novos preços estarão disponíveis a partir do dia 30 de janeiro.

De recordar que as grandes concorrentes da Vodafone já comunicaram que vão proceder com aumentos nos preços. A NOS justificou a decisão com o “aumento generalizado de custos”, assim como fez a Altice. Em ambas as marcas, as alterações vão entrar em vigor em fevereiro e também seguem a variação do IPC.

 

Notícia atualizada às 13h44

Recomendadas

“É importante pensar na estratégia do que se quer para a TAP”, refere administrador da Vila Galé

Gonçalo Rebelo de Almeida considera que é necessário perceber se Portugal quer transformar a TAP numa companhia mais pequena só a Europa ou se o país quer continuar a apostar no seu crescimento.
TAP

Finanças desconheciam bónus de três milhões acordado com CEO da TAP

O antigo ministro João Leão não teve conhecimento do montante do bónus da CEO da TAP que consta do contrato assinado a 8 de junho de 2021.

Premium“Vamos continuar a trabalhar as duas marcas em separado”

Neves e Almeida e CEGOC vão trabalhar em autonomia e com equipas de gestão próprias, mantendo a identidade de cada marca.
Comentários