Volkswagen garante empréstimo de 2 mil milhões

O fabricante automóvel alcançou um acordo com várias entidades para obter um crédito de 20 mil milhões de euros para assumir os custos resultantes dos casos das emissões de gases.


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

No total, são treze as entidades bancárias que ofereceram pacotes de financiamento entre 1.500 e 2.500 milhões de euros ao grupo Volkswagen.

Uma das fontes conhecedoras do acordo afirmou que estes pacotes rondam um volume de 2,9 mil milhões de euros e que serão assinados, previsivelmente, no final desta semana, enquanto outra das fontes consultadas assinalou que a operação ficará concluída “nos próximos dias”.

Após a revelação do escândalo, a comissão proporcionou 6.700 milhões de euros para fazer frente aos custos derivados deste caso. Posteriormente, foi a empresa que assinalou que a fraude das emissões poderia acarretar ao desembolso de, pelo menos, 2.000 milhões de euros, porque um maior nível de emissões de CO2 implica também que os proprietários dos veículos paguem um imposto de circulação mais elevado e de forma retroativa.

OJE

Recomendadas

“2023 será um ano de crescimento nos mercados externos”

O Grupo VAA tem como objetivo globalizar as suas duas marcas principais, Vista Alegre e Bordallo Pinheiro, e identificou sete mercados estratégicos onde está a apostar, explica Nuno Barra.

“Empresas arriscam sozinhas a entrada em mercados pela fraca dinamização e falta de apoio”

Mais de mil empresas participaram no Portugal Exportador no dia 23, orientado para a estratégia de internacionalização.

Rampa Digital dá consultoria às empresas sobre negócios no online

Associação .PT, gestora do domínio web português, quis estar perto das empresas que estão em processo de internacionalização.