Volkswagen recolhe 8,5 milhões de veículos na UE

O grupo alemão Volkswagen indicou que vai chamar à revisão 8,5 milhões de veículos equipados com motores manipulados, na União Europeia (UE), a partir de janeiro de 2016. O anúncio da Volkswagen segue-se à decisão do regulador alemão, KBA, de ordenar ao grupo a recolha dos 2,4 milhões de carros afetados na Alemanha. O grupo […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

O grupo alemão Volkswagen indicou que vai chamar à revisão 8,5 milhões de veículos equipados com motores manipulados, na União Europeia (UE), a partir de janeiro de 2016.

O anúncio da Volkswagen segue-se à decisão do regulador alemão, KBA, de ordenar ao grupo a recolha dos 2,4 milhões de carros afetados na Alemanha.

O grupo vai contactar os clientes e informá-los diretamente.

No comunicado divulgado, a Volkswagen garante que os veículos equipados com o motor fraudulento são absolutamente seguros e podem continuar a ser utilizados até estarem de acordo com as normas, reiterando que a reparação é gratuita para os proprietários das viaturas.

A Agência de Proteção do Meio Ambiente dos Estados Unidos acusou no passado dia 18 de setembro a Volkswagen de falsear o desempenho dos motores em termos de emissões de gases poluentes através de um software incorporado em veículos a diesel.

Dias depois, a Volkswagen reconheceu ter falseado os dados e anunciou que mais de 11 milhões de carros em todo o mundo têm equipamento que permite alterar o desempenho dos motores em termos de emissões para a atmosfera.

OJE

Recomendadas

PremiumRede 5G, um ano e quatro mil antenas depois

Portugal arrancou com a tecnologia de quinta geração a 26 de novembro. NOS, a primeira a lançar, revela que conta com 3.200 estações instaladas.

PremiumOaktree, Cerberus e Vanguard na corrida à VIC Properties

A Alantra vai receber esta sexta-feira as propostas não vinculativas para a compra dos ativos da VIC Properties. A Vanguard deverá avançar para o Pinheirinho. Oaktree e Cerberus entre os interessados.

Marcas vs Catar: o difícil equilibrismo das maiores marcas do mundo. Veja o “Jogo Económico”

Do equilibrismo de quem patrocina a prova à anti-campanha de quem está de fora, estes dias estão entregues a uma espécie de Mundial de marcas com desfecho imprevisível. Daniel Sá, especialista em marketing desportivo e diretor-executivo do IPAM e Henrique Tomé, analista da corretora XTB, são os convidados desta edição.