Von der Leyen e Charles Michel saúdam vitória de Emmanuel Macron

Os líderes da União Europeia (UE) felicitaram Emmanuel Macron pela sua reeleição este domingo como Presidente da França, com o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, a congratular-se por a Europa poder “contar com a França por mais cinco anos”.

Lionel Bonaventure / Reuters

Os líderes da União Europeia (UE) felicitaram Emmanuel Macron pela sua reeleição este domingo como Presidente da França, com o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, a congratular-se por a Europa poder “contar com a França por mais cinco anos”.

“Nestes tempos turbulentos, precisamos de uma Europa forte e de uma França totalmente comprometida com uma UE mais soberana e estratégica”, escreveu Charles Michel, que representa os Estados-membros, no Twitter.

No mesmo sentido pronunciou-se a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

“Estou ansiosa para continuar a nossa excelente cooperação. Juntos, avançaremos com a França e a Europa”, afirmou.

Também a Presidente do Parlamento Europeu, Roberta Metsola, felicitou Macron pela sua “grande reeleição”, através de uma mensagem no Twitter.

A política conservadora maltesa expressou o desejo de continuar a trabalhar com o liberal Macron no âmbito da atual presidência semestral francesa do Conselho da UE e também para “enfrentar os desafios de um mundo cada vez mais incerto e preocupante”.

Uma “UE forte precisa de uma França forte”, concluiu.

O centrista Emmanuel Macron foi hoje reeleito Presidente de França, obtendo entre 57,6% e 58,20% dos votos na segunda volta das eleições, contra 41,80% e 43% de Marine le Pen, a candidata de extrema-direita, segundo as primeiras projeções.

Em 2017, a primeira vez que os dois se enfrentaram nas eleições presidenciais, o centrista Emmanuel Macron venceu com 66,10% dos votos, contra 33,90% de Marine le Pen, ou seja com uma vantagem significativamente mais clara do que nas eleições deste domingo.

[notícia atualizada às 20h17]

Relacionadas

França: Macron vence segunda volta com 58% dos votos e é reeleito presidente

O presidente incumbente renova o seu mandato no Eliseu e volta a bater Marine Le Pen, a candidata de extrema-direita, que deverá ter conseguido 42% dos votos. Abstenção foi a mais alta dos últimos 50 anos.

Le Pen concede derrota, mas considera o seu resultado uma “vitória esmagadora”

“Um grande vento de liberdade poderia ter-se levantado sobre o país. A escolha das urnas, que respeito, decidiu de outra maneira”, declarou Le Pen no discurso de derrota, no Pavilhão d’Armenonville, no nordeste de Paris.
Recomendadas

Empresários sem literacia digital “ficam pelo caminho”

Formadores em economia digital e marketing digital dzem que os temas que mais aliciam os executivos são inteligência artificial, redes sociais, SEO/websites, blockchain ou faturação eletrónica.

“Ainda não estou a ver o ‘cash’ a desaparecer”

João Baptista Leite revela que a Unicre está de olhos postos no ‘blockchain’ e mostra-se confiante nas suas aplicações práticas. CEO da Unicre diz que já não utiliza dinheiro físico, mas acredita que – por enquanto – ainda se vai manter.

Programas para mulheres que querem evoluir na carreira

A formação é uma ferramenta de emponderamento e, num âmbito mais vasto, contribui para a construção de um ambiente profissional mais igualitário. O JE foi conhecer a oferta das escolas de negócios.
Comentários