Wall Street abre mista. Farmacêutica Novavax tomba mais de 20%

Os investidores aguardam novos dados sobre a inflação norte-americana, que serão divulgados amanhã. Nas empresas, a pouca procura por vacinas penaliza as produtoras. A Norwegian Cruise também cai devido a receitas e ocupação dos barcos abaixo do esperado.

A bolsa de Nova Iorque abriu a sessão desta terça-feira mista, enquanto os investidores aguardam novos dados sobre a inflação norte-americana, que serão divulgados amanhã por volta das 13h30 (hora de Lisboa). Nas empresas, são as farmacêuticas que penalizam os mercados financeiros do outro lado do Atlântico.

Em Wall Street, o índice industrial Dow Jones subia os ligeiros 0,08% para os 32.858,33 pontos cinco minutos após o início das negociações. Quanto ao índice financeiro S&P 500, resvalava 0,31% para os 4.127,20 pontos e o tecnológico Nasdaq somava 0,97% para os 12.522,14 pontos. Por sua vez, o Russell 2000 desvalorizava 1% para os 1.923,20 pontos.

A Novavax é um dos títulos em destaque, porque afunda 24,73% para 43,09 dólares na sequência de ter apresentado resultados trimestrais abaixo do previsto devido a uma fraca procura pelas suas vacinas.

“Os investidores esperavam que as receitas e lucros da empresa aumentassem graças ao lançamento de uma vacina contra o coronavírus nos Estados Unidos. A perda do segundo trimestre da empresa foi de 510 milhões de dólares, enquanto os analistas também esperavam vendas de mais de mil milhões de dólares. Esta também surpreendeu negativamente, ascendendo a pouco mais de 185 milhões de dólares”, explica a XTB, em research.

A queda foi sentida igualmente pelas concorrentes, como a Moderna (-2,53% para 178,57 dólares). Só a Pfizer sobe 0,45% para 49,80 dólares.

“Diversas empresas reagem negativamente às contas, além da Novavax, a Upstart [crédito ao consumo] e a Blink [câmaras de segurança]. Já o alerta da Micron Technologies sobre as receitas e margem está a pesar no sentimento de semicondutores, um dia depois de a Nvidia ter divulgado dados preliminares de receitas que ficaram aquém das expectativas”, comenta Ramiro Loureiro, trader do Millennium bcp, numa nota de mercado.

O mesmo se passou com a Norwegian Cruise, cuja ocupação média dos barcos foi de 64,6% no segundo trimestre e as receitas foram de 1,19 mil milhões de dólares (ambas ligeiramente abaixo da estimativas de Wall Street). As ações da companhia tombam 10,42% para 12,12 dólares.

Quanto às matérias-primas, o ‘ouro negro’ está a subir mais de 1%. O preço do WTI, produzido no Texas, valoriza 1,17% para os 91,82 dólares por barril, enquanto a cotação do barril de Brent avança 1,05% para os 97,66 dólares por barril.

No mercado cambial, o euro está a apreciar 0,46% face à moeda dos Estados Unidos, para os 1,0242 dólares.

Recomendadas

Cotação do barril Brent para entrega em novembro baixa para 87,96 dólares

A cotação do barril de petróleo Brent para entrega em novembro terminou esta sexta-feira no mercado de futuros de Londres em baixa de 0,73%, para os 87,96 dólares.

Wall Street encerra sessão com principais índices a perder mais de 1,50%

No momento de fecho o Dow Jones recua 1,71%para 28.725,84 pontos, o S&P 500 cede 1,51% para 3.585,40 pontos e o tecnológico Nasdaq desvaloriza 1,51% para 10.575,62 pontos. 

PremiumAções com pior mês desde junho e pode não ficar por aqui

Libra em forte desvalorização e juros da dívida do Reino Unido disparam após polémico “mini-orçamento” de Liz Truss.
Comentários