Wall Street abre no ‘verde’ em linha com congéneres europeias

O Nadaq sobe agora 0,54% para 12.848,50 pontos, o S&P 500 avança 0,51% para 12.848,50 pontos e o Dow Jones valoriza 0,47% para 33.492,84 pontos.

Wall Street | Spencer Platt/Getty Images

A bolsa de Nova Iorque abriu a sessão desta sexta-feira em terreno positivo, seguindo a tendência das praças do outro lado do Atlântico.

O Nadaq sobe agora 0,54% para 12.848,50 pontos, o S&P 500 avança 0,51% para 12.848,50 pontos e o Dow Jones valoriza 0,47% para 33.492,84 pontos.

“Wall Street abre as negociações em alta, prolongando os ganhos das congéneres europeias, depois de dados mostrarem que o índice de preços das importações contraiu mais que o esperado, sendo este mais um sinal de que as pressões inflacionistas têm abrandado no plano norte-americano. Destaque hoje para as empresas chinesas listadas nos EUA, que estão em risco de saírem das bolsas, com as tensões entre China e EUA a aumentar”, explica Ramiro Loureiro, analista de mercados do Millennium Investment Banking.

No mercado petrolífero, o brent perde 1,68% para 97,93 euros e o crude recua 2,01% para 92,44 euros.

Recomendadas

Fed, BCE, reviravolta no Reino Unido, eleições no Brasil e saída do CEO da Galp. Veja o “Mercados em Ação”

A decisão da Fed e a próxima reunião do BCE. A queda da libra e as eleições no Brasil, mais a saída de Andy Brown da Galp. André Cabrita-Mendes, subdiretor do JE, e Marco Silva, consultor de estratégia e investimento, analisam estes temas em conjunto com Nuno Sousa Pereira da Sixty Degrees.

Reino Unido. Mercados valorizam depois de Governo recuar no corte fiscal

O índice FTSE 100 segue a valorizar mais de 1,5%.

Portugal quer sair do grupo de países mais endividados da UE em 2024

Secretário de Estado do Tesouro assume ambição e revela que país vai pagar este ano a dívida extra que contraiu durante a pandemia.
Comentários