Wall Street abre no vermelho com Nasdaq a liderar as perdas

A bolsa de Nova Iorque abre em terreno negativo no dia em que o departamento do Trabalho dos EUA aponta que o desemprego caiu para 3,5%.

A bolsa de Nova Iorque abriu a sessão a negociar em terreno negativo, no dia em que o departamento do Trabalho dos EUA aponta que o desemprego caiu para 3,5%, o menor valor desde o início da pandemia no início de 2020.

Assim, neste começo de sessão o Dow Jones perde 0,65% para 32.513,99 pontos, o S&P 500 cede 0,97% para 4.111,66 pontos e o tecnológico Nasdaq recua 1,37% para 12.550,90 pontos.

Segundo o departamento do Trabalho dos EUA, foram criados 528.000 empregos no mês passado. A economia dos EUA encolheu nos dois primeiros trimestres de 2022 – uma definição informal de recessão. Mas a maioria dos economistas acredita que o forte mercado de trabalho evitou que a economia entrasse em recessão.

O analista de mercados do Millenium BCP, Ramiro Loureiro, considera que “pela reação os investidores acreditam que desta forma a Fed se pode tornar mais agressiva no movimento de subida de juros, numa tentativa de fazer recuar a inflação”.

Ramiro Loureiro destaca ainda que “apesar do ambiente global há boas respostas a contas empresariais, nomeadamente de Cloudflare, Doordash, Lyft, Draftkings”. A Cloudflare soma 16,28% para 67,94 dólares, a Doordash avança 2,34% para 81,36 dólares, a Lyft valoriza 4,74% para 18,21 dólares e a Draftkings cresce 11,06% para 18,17 dólares.

Recomendadas

Bolsa de Lisboa encerra ‘no verde’ numa Europa em terreno misto. Galp avança mais de 3%

No mercado petrolífero, o brent está a avançar 0,08% para os 96,82 dólares, mas o crude está a descer 0,19% para os 90,61 dólares.

Wall Street abre mista. Farmacêutica Novavax tomba mais de 20%

Os investidores aguardam novos dados sobre a inflação norte-americana, que serão divulgados amanhã. Nas empresas, a pouca procura por vacinas penaliza as produtoras. A Norwegian Cruise também cai devido a receitas e ocupação dos barcos abaixo do esperado.

Bolsa de Lisboa recupera e segue sessão no ‘verde’ com Altri a liderar ganhos

O preço do barril de petróleo está a valorizar, com o brent a ganhar 0,90% para os 97,52 dólares e o crude a desvalorizar 0,71% para os 91,40 dólares.
Comentários