Wall Street abre no ‘vermelho’. Snapchat arrasta sector tecnológico com perdas superiores a 38%

As ações da Snapchat (Snap) caem 38,05% para 13,96 dólares e arrastam o sector tecnológico depois de a empresa ter emitiu uma declaração em que fazia uma revisão em baixa das suas previsões sobre o crescimento trimestral e apontou para a deterioração do ambiente macroeconómico.

Wall Street | Spencer Platt/Getty Images

A bolsa de Nova Iorque abriu a sessão desta terça-feira em queda generalizada, depois de encerrar no ‘verde’ na primeira semana sessão da semana. As ações da Snapchat (Snap) caem 38,05% para 13,96 dólares e arrastam o sector tecnológico depois de a empresa ter emitido uma declaração em que reviu em baixa as suas previsões sobre o crescimento trimestral e apontou para a deterioração do ambiente macroeconómico.

“O CEO, Evan Spiegel, pretende controlar os gastos na empresa, e contratará apenas 500 novos empregados até ao final de 2022, um número significativamente inferior em comparação com os 2.000 trabalhadores contratados em 2021”, frisam os analistas da XTB.

Cerca das 14:45 (hora de Lisboa), o tecnológico Nasdaq lidera as perdas ao cair 2,25% para 11.253,32 pontos, seguido do financeiro S&P 500 que deprecia 1,18% para 3.924,71 pontos, e do industrial Dow Jones que recua 0,52% para 31.715,42 pontos. Por sua vez, o Russel 2000 perdeu 1,41% para 1.763,00 pontos.

Ademais, as preocupações com a inflação, mais concretamente sobre o nível de agressividade e rapidez da Reserva Federal com os aumentos das taxas de juro, abafaram o otimismo sobre as declarações de Joe Biden, que planeia discutir a redução das tarifas dos EUA sobre as importações chinesas.

Os comentários levantaram otimismo sobre o potencial alívio das tensões entre as duas maiores economias do mundo, mas nem todos estavam convencidos.

Em Wall Street, as desvalorizações estão em linha com as principais bolsas europeias, que negociavam em território negativo a meio da sessão.

Nos outros mercados, o preço do barril de petróleo está a subir dos dois lados do Atlântico: em Nova Iorque, o WTI aprecia 0,72% para os 111,52 dólares, enquanto o Brent ganha 0,74% para os 111,60 dólares em Londres.

No mercado cambial, o euro aprecia 0,22% face ao dólar norte-americano para os 1,0716 dólares, enquanto a libra esterlina perde 0,69% face à moeda dos Estados Unidos, para 1,2502 dólares.

Recomendadas

PremiumBitcoin sob pressão com receios sobre economia mundial

As criptomoedas estão a recuperar após fortes quedas, mas os analistas alertam que o movimento pode não ter sustentação.

Wall Street encerra sessão com índices a ganhar mais de 2,50%

Os mercados financeiros têm estado agitados, mas recuperaram e encerraram a semana a negociar no verde.

Bruxelas quer emitir 50 mil milhões de euros em obrigações para financiar NextGenerationEU

Bruxelas anunciou o programa de financiamento para entre julho e dezembro.
Comentários