Wall Street abre sessão com perdas. S&P 500 cede mais de 0,70%

Wall Street começa a semana em baixa, com os investidores de olhos postos nas decisões de política monetária.

Depois de ter encerrado sessão na sexta-feira com os principais índices no vermelho, a bolsa de Nova Iorque inicia sessão novamente com os principais índices a desvalorizar.

O Dow Jones a perder 0,45% para 30.822,42 pontos, o S&P 500 a perder 0,75% para 3.844,11 pontos e o tecnológico Nasdaq a ceder 0,63% para 11.376,62 pontos. De recordar que na sexta-feira o Dow Jones terminou sessão a ceder 0,45% para 30.822,42 pontos, o S&P 500 encerrou o dia a perder 0,61% para 3.877,50 pontos e o tecnológico Nasdaq a desvalorizar 0,90% para 11.448,40 pontos.

“Wall Street arranca em baixa uma semana que poderá ser impactante para o futuro próximo dos mercados de ações. Isto porque na próxima quarta-feira chegam as decisões de política monetária da Fed, esperando-se que proceda a um aumento de 75 pontos base na taxa diretora para os EUA, ainda que haja quem aponte para uma subida histórica de 100 pontos base, sendo que a probabilidade de isto vir a suceder é reduzida”, diz o analista de mercados do Milllenium BCP, Ramiro Loureiro.

O especialista também enfatiza “o levantamento dos lockdowns em Chengdu, na China são insuficientes para afastar os receios dos investidores relacionados com cenários de recessão e agressividade dos bancos centrais na subida de taxas de juro de forma a combater o atual pico de inflação. No seio empresarial de notar a valorização da Netflix perante uma recomendação de compra”.

Destaque para a Purple Inovation cujas notícias do maior acionista ter revelado interesse em adquirir o restante capital não detido elevaram o interesse dos investidores e como tal a empresa avança 36,58% para 3,81 dólares. A Bluebird é outro dos destaques positivos. Por outro lado, a bluebird que subiu 7,3% nas negociações de pré-mercado, agora cai 4,50% para 6,05 dólares.

Recomendadas

Wall Street fecha eufórica com vislumbre do abrandamento da subida das taxas da Fed

Nasdaq foi o índice estrela de Wall Street. A justificar a subida das ações está a descida do ISM dos EUA para mínimos de mais de dois anos, que reforçou a narrativa de que a Fed está a ter sucesso no arrefecimento da economia, pelo que poderá abrandar o aperto da política monetária.

Musk avança para a compra do Twitter e ações disparam 22%

O CEO da Tesla, Elon Musk, voltou atrás na negociação e concordou em comprar o Twitter pelo preço original acordado de 44 mil milhões de dólares. As negociações da tecnológica na bolsa norte-americana foram interrompidas aquando do anúncio e retomaram a valorizar 22%.

‘Green bonds’. EDP avança com nova emissão de 500 milhões

Em menos de 24 horas, a EDP anuncia que vai aos mercados buscar mil milhões para financiar projetos de energias renováveis.
Comentários