Wall Street arranca agosto no vermelho com medos de uma recessão global no horizonte

O sector energético foi dos mais penalizados durante a sessão, pressionado pela queda da cotação do crude WTI, que recuou 5% durante o dia, tal como o financeiro. Tecnológicas encerraram mistas depois de um mês de julho com os maiores ganhos desde 2020.

Os medos de uma recessão global determinaram um dia de ligeira queda em Wall Street, naquela que foi a primeira sessão da semana e de agosto depois do melhor mês dos índices norte-americanos desde 2020, que viu o S&P 500 debater-se com um sentido definido.

O Dow Jones fechou a cair 0,14% para os 32.798,40 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,12%, encerrando com 4.118,12. O Nasdaq recuou 0,18%, acabando o dia com 12.368,98 pontos.

As perdas desta segunda-feira foram lideradas pelo sector energético, que recuou mais de 3% num dia em que a cotação do barril de crude WTI, a referência para o mercado norte-americano, desceu mais de 5%. Esta desvalorização foi despoletada por relatórios preocupantes quanto à atividade industrial na zona euro e na China, agravando os medos de investidores e analistas quanto a uma possível recessão nas principais economias mundiais.

Esta expectativa empurrou também o sector financeiro para terreno negativo, bem como a inversão das curvas de yield, que acrescentam à probabilidade de crescimento negativo até ao final deste ano.

Já as tecnológicas acabaram por sair menos penalizadas, embora a Apple, Alphabet e Microsoft tenham recuado 0,62%, 1,26% e 0,97%, respetivamente. O sector foi o principal responsável pelo extraordinário crescimento de julho, o melhor mês dos índices norte-americanos desde 2020, que se seguiu a um primeiro semestre que castigou fortemente Wall Street.

Recomendadas

Bolsa de Lisboa encerra sessão a perder mais de 1%

O BCP e a Galp estão a liderar as perdas na bolsa de Lisboa. Por outro lado a Greenvolt é a cotada com mais ganhos.

Wall Street abre no ‘verde’ em linha com congéneres europeias

O Nadaq sobe agora 0,54% para 12.848,50 pontos, o S&P 500 avança 0,51% para 12.848,50 pontos e o Dow Jones valoriza 0,47% para 33.492,84 pontos.

Bolsa abre no ‘verde’ com Altri a liderar ganhos

O petróleo está a negociar em terreno misto com o brent a subir 0,07% para os 99,67 dólares e o crude quebra 0,06% para os 94,28 dólares.
Comentários