Wall Street arranca ‘mista’ numa Europa mergulhada no ‘vermelho’

A a Amazon está em destaque, após anunciar um aumento do salário médio dos trabalhadores de armazém, bem como os trabalhadores de entregas. O anúncio antecede em duas semanas o segundo evento de ofertas Prime Day da Amazon, marcado para 11 e 12 de outubro, evento que provocou uma crescente pressão sindical sobre a empresa.

Os principais índices bolsistas norte-americanos abriram esta quinta-feira em território ‘misto’, após o anúncio do Banco da Inglaterra de que começaria a comprar títulos para estabilizar os mercados ter impulsionado o sentimento positivo no fecho da sessão do dia anterior.

Pelas 14h30 (hora de Lisboa), o tecnológico Nasdaq está a valorizar 1,48% para os 11.220,19 pontos, o empresarial S&P 500 avança 1,97% para os 3.719,04 pontos. Só o industrial Dow Jones está a descer, recuando 0,66% para os 29.486,85 pontos.

A Amazon está em destaque, após anunciar um aumento do salário médio dos trabalhadores de armazém, bem como os trabalhadores de entregas. O anúncio antecede em duas semanas o segundo evento de ofertas Prime Day da Amazon, marcado para 11 e 12 de outubro, evento que provocou uma crescente pressão sindical sobre a empresa. A Amazon está neste momento a valorizar 3,15% para os 118,01 dólares.

Quanto às matérias primas, de referir que o petróleo está a ser negociado abaixo dos 90 dólares. O preço do brent está a descer 0,15% para os 87,92 dólares, e o crude está a recuar 0,16% para os 82,02 dólares.

No mercado cambial, o euro está a ter uma desvalorização de 0,06% face ao dólar, para os 0,9728 dólares.

Notícia em atualização

Recomendadas

Wall Street fecha instável em face da provável recessão

A indefinição está a marcar a economia interna dos Estados Unidos. sabe-se que haverá uma recessão, mas os seus contornos em termos de profundidade e duração não são claros. E o mercado mobiliário parece não gostar disso.

Há quem queira fugir à regulação do mercado criptoativo, alerta responsável europeia

A regulação deverá chegar no espaço de um ano, diz a comissária europeia para os serviços financeiros. Mas há ‘players’ do mercado que escolhem deliberadamente jogar contra as regras, avisa. A abordagem deve ser “global”.

Lagarde e o ‘whatever it takes’ para controlar a inflação. Ouça o podcast “Mercados em Ação”

No “Mercados em Ação”, podcast do JE, vai poder contar com a análise de especialistas em temas como ações e obrigações; investimento e poupança; BCE e FED; resultados e empresas; análises e gráficos.
Comentários