Wall Street arranca no ‘verde’ animada com aumento das exportações em outubro

No início da sessão, o S&P 500 sobe 2,02%, para 4.684,30 pontos, o tecnológico Nasdaq valoriza 2,81%, para 15.653,5 pontos, e o industrial Dow Jones ganha 1,50%, para 35.755,08 pontos.

A bolsa de Nova Iorque abriu a sessão desta terça-feira no ‘verde’, com os investidores animados após serem conhecidos os dados relativos às exportações em outubro que, nos EUA, aumentaram e provocaram a primeira redução do défice comercial desde julho.

Outro dos factores que continua a contribuir para o sentimento positivo dos índices norte-americanos é que a nova variante da Covid-19, a Ómicron, apesar de mais contagiosa, começa a revelar sinais de que não é tão propicia a provocar doença grave, segundo alguns especialistas, incluindo o conselheiro da Casa Branca para a crise sanitária, Anthony Fauci.

No início da sessão, o S&P 500 sobe 2,02%, para 4.684,30 pontos, o tecnológico Nasdaq valoriza 2,81%, para 15.653,5 pontos, e o industrial Dow Jones ganha 1,50%, para 35.755,08 pontos.

Nas empresas, destaque para a norte-americana Intel, cujas ações arrancam a sessão a valorizar 5,57%, após o anúncio que já está a preparar a entrada em bolsa da sua unidade de carros autónomos Mobileye nos Estados Unidos em meados de 2022, um negócio que pode avaliar a unidade israelita em mais de 50 mil milhões de dólares (44,3 mil milhões de euros).

Em relação ao preço do barril de petróleo, em Nova Iorque, o WTI sobe 3,84% para os 72.16 dólares por barril, enquanto o Brent valoriza 3,09% para os 75.34 dólares em Londres.

No mercado cambial, o euro deprecia 0,36% face ao dólar norte-americano nos 1,1244 dólares. Já a libra esterlina também deprecia 0,17% face à moeda dos Estados Unidos, para 1,3241 dólares.

Recomendadas

PremiumBCE e Fed avaliam peso da subida de juros e ritmo pode abrandar nas próximas reuniões

As atas das mais recentes reuniões de política monetária na zona euro e EUA mostram uma preocupação de ambos os bancos centrais com o abrandamento da economia, dando esperanças de subidas menos expressivas dos juros nos próximos meses, embora os sinais neste sentido sejam mais fortes do outro lado do Atlântico.

Musk tinha um plano para o Twitter? Veja as escolhas da semana no “Mercados em Ação”

Conheça as escolhas da semana do programa da plataforma multimédia JE TV numa edição que contou com a análise de Nuno Sousa Pereira, head of investments da Sixty Degrees.

PSI encerra no ‘vermelho’ em contra ciclo com a Europa

Lá fora, as principais praças europeias negociaram maioritariamente em terreno positivo. O FTSE 100 valorizou 0,32%, o CAC 40 ganhou 0,08%, e o DAX apreciou 0,01%. O espanhol IBEX 35 manteve-se estável.
Comentários