Wall Street em ‘alta’ no início da sessão. Petróleo recua a refletir decisão da OPEP+

No mercado petrolífero, o brent recua 0,52% para 99,88 dólares e o crude perde 0,54% para 93,91 dólares, uma quebra que reflete a decisão anunciada hoje pela OPEP +, que prevê o aumento no próximo mês em cem mil barris diários a sua oferta petrolífera, uma subida muito limitada em comparação com os meses anteriores.

A bolsa de Nova Iorque iniciou a sessão desta quarta-feira em terreno positivo, com os investidores expectantes com a divulgação dos dados da atividade terciária nos EUA.

O Nasdaq é o índice que mais valoriza, ao ganhar 1,41% para 12.522,99 pontos, seguido do S&P 500, que avança 0,91% para 0,93 pontos; o Dow Jones avança agora 0,59% para 32.587,15 pontos.

“Wall Street arranca em alta, numa sessão marcada por reações relativamente expressivas a contas empresariais. Pela positiva de destacar a valorização de Paypal, SoFi e Moderna, enquanto Airbnb e AMD surgem do lado das respostas negativas”, salienta Ramiro Loureiro, analista de mercados do Millennium Investment Banking.

O especialista destaca ainda que o “mercado aguarda pela revelação dos dados de atividade terciária nos EUA (…), com os analistas a anteciparem que o setor de serviços tenha desacelerado o ritmo de expansão em julho”.

No mercado petrolífero, o brent recua 0,52% para 99,88 dólares e o crude perde 0,54% para 93,91 dólares, uma quebra que reflete a decisão anunciada hoje pela OPEP +, que prevê o aumento no próximo mês em cem mil barris diários a sua oferta petrolífera, uma subida muito limitada em comparação com os meses anteriores.

“Como anunciado anteriormente, a OPEP + continuará empenhada em aumentar ligeiramente o objetivo de produção em setembro, nomeadamente em cem mil barris por dia. Durante o início da tarde o preço do petróleo ainda esteve a subir devido às baixas possibilidades de uma mudança concreta da OPEP +. No entanto, na sequência da publicação desta decisão, estamos a assistir à tomada de mais-valias por parte dos investidores”, explicam os analistas da XTB.

Relacionadas

OPEP+ limita aumento da produção em setembro a cem mil barris diários

A aliança OPEP+ decidiu hoje aumentar no próximo mês em cem mil barris diários a sua oferta petrolífera, uma subida muito limitada em comparação com os meses anteriores.

Decisão de hoje da OPEP+ tem pouca importância para o preço do petróleo, diz XTB

A OPEP+ decidirá sobre o destino do acordo de “corte de produção” durante a reunião desta semana, a 3 e 4 de agosto. “Os níveis de produção atuais (para agosto) estão de acordo com os valores de referência, pelo que é um risco dizer que o acordo está a limitar a oferta”, defendem os analistas da XTB.
Recomendadas

Bolsa de Lisboa encerra sessão a perder mais de 1%

O BCP e a Galp estão a liderar as perdas na bolsa de Lisboa. Por outro lado a Greenvolt é a cotada com mais ganhos.

Wall Street abre no ‘verde’ em linha com congéneres europeias

O Nadaq sobe agora 0,54% para 12.848,50 pontos, o S&P 500 avança 0,51% para 12.848,50 pontos e o Dow Jones valoriza 0,47% para 33.492,84 pontos.

Bolsa abre no ‘verde’ com Altri a liderar ganhos

O petróleo está a negociar em terreno misto com o brent a subir 0,07% para os 99,67 dólares e o crude quebra 0,06% para os 94,28 dólares.
Comentários