Wall Street encerra no ‘verde’ em linha com congéneres europeias

Os membros do Comité Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla em inglês) da Fed reconheceram hoje que os aumentos das taxas de juro podem enfraquecer a economia, apesar de considerarem tais medidas necessárias para desacelerar os aumentos de preços com vista à meta anual de 2%.

A bolsa de Nova Iorque encerrou a sessão desta quarta-feira em terreno positivo, com o S&P 500 a valorizar 0,36% para 3.845,08 pontos, o Nasdaq 0,35% para 11.361,85 pontos e o Dow Jones 0,23% para 31.037,68 pontos.

Os membros do Comité Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla em inglês) da Fed reconheceram hoje que os aumentos das taxas de juro podem enfraquecer a economia, apesar de considerarem tais medidas necessárias para desacelerar os aumentos de preços com vista à meta anual de 2%.

Após a reunião do mês passado, a Fed anunciou um aumento de 75 pontos base para um intervalo de 1,5% a 1,75%, o terceiro aumento desde março e o maior desde 1994.

A Fed tem vindo a intensificar o esforço para restringir o crédito e desacelerar o crescimento, com a inflação a subir para máximos de quatro décadas de 8,6%.

Recentemente, no fórum anual do Banco Central Europeu, o presidente da Fed, Jerome Powell, disse que a economia dos Estados Unidos está “em boa forma” e “bem posicionada” para acomodar a política monetária que está a ser implementada.

Nas novas projeções que divulgou, em 15 de junho, a Fed indicou que espera agora uma inflação de 5,2% este ano, em vez dos 4,3% que previa em março e antecipou um crescimento mais fraco de 1,7%, quando anteriormente previa 2,8%.

No mercado petrolífero, o preço do brent cai 2,72% para 99,97 dólares e o crude recua 1,49% para os 98,02 dólares.

No mercado cambial, o euro está a registar novos mínimos face ao dólar, recuando 0,80%, para os 1,0184 dólares.

Recomendadas

Wall Street começa bem mas acaba no vermelho

Os mercados finalmente parecem ter entendido que a Reserva Federal ainda não se decidiu a moderar o aumento das taxas de juro. Antes disso, é preciso que a moderação do crescimento da inflação se consolide.

Bolsa de Lisboa encerra sessão no verde com Galp a liderar ganhos

Além da Galp, BCP encerra sessão a valorizar 3,23% para 0,1567 euros e a Mota-Engil a crescer 1,81% para 1,204 euros.

Wall Street abre em terreno positivo

No mercado petrolífero, o Brent sobe 1,31% para 98,68 dólares por barril e o WTI ganha 1,53% para 93,34 dólares.  
Comentários