Wall Street encerra penúltima sessão do ano em alta

A bolsa de Nova Iorque reagiu bem às noticias que dão conta da aprovação por parte dos reguladores britânicos à vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela empresa farmacêutica AstraZeneca. Dow Jones encerra pelo quarto dia consecutivo no verde.

Crash de 25% em Wall Street

O otimismo gerado após a aprovação no Reino Unido da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca, fez com que os mercados norte-americanos encerrassem o penúltimo dia do ano em terreno positivo.

Os reguladores britânicos aprovaram a vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela empresa farmacêutica AstraZeneca, informou esta quarta-feira o Ministério da Saúde do Reino Unido.

Estes resultados surgem apesar do impasse no Congresso sobre os pagamentos diretos a efetuar às famílias dos EUA. Depois de meses de negociações, o acordo bipartidário que previa 600 dólares (488,62 euros) a serem pagos sob a forma de cheque a cada americano foi colocado em causa pelo presidente Trump, que exigiu que os legisladores aprovassem um montante mais elevado, apontando para os dois mil dólares (1629,08 euros).

O índice industrial Dow Jones subiu 0,24% para 30.409,56 pontos. O S&P 500 ganhou 0,19% para os 3.734,20 pontos. O tecnológico Nasdaq encerrou em terreno positivo, subindo 0,15% para 12.807,00 pontos.

O preço do barril de petróleo está a subir nos dois lados do Atlântico. Em Nova Iorque, o WTI sobe 0,58% para os 48,28 dólares por barril, enquanto o Brent está a valorizar 0,49% para os 51,50 dólares em Londres.

No mercado cambial, o euro apreciou 0,40% face ao dólar norte-americano, para 1,2296 dólares. A libra esterlina também apreciou 0,86% face à moeda dos Estados Unidos, para 1,3615 dólares.

Recomendadas

Wall Street fecha a perder, com Nasdaq e S&P 500 a tombar mais de 2%

A nível empresarial, destaque para a queda da Apple de quase 5% depois do Bank of America baixar a empresa de Neutral para Buy, citando preocupações com uma desaceleração nos gastos do consumidor.

PSI fecha no ‘vermelho’. Jerónimo Martins perde mais de 6%

Houve apenas duas cotadas a terminarem a sessão em terreno positivo. Os CTT fecharam a valorizar 3,82% para os 2,72 euros e a Galp cresceu 0,44%, com as suas ações nos 9,63 euros. No mercado cambial, o euro está a ter uma valorização de 0,46% face ao dólar, para os 0,9779 euros.

Wall Street arranca ‘mista’ numa Europa mergulhada no ‘vermelho’

A a Amazon está em destaque, após anunciar um aumento do salário médio dos trabalhadores de armazém, bem como os trabalhadores de entregas. O anúncio antecede em duas semanas o segundo evento de ofertas Prime Day da Amazon, marcado para 11 e 12 de outubro, evento que provocou uma crescente pressão sindical sobre a empresa.
Comentários