Wall Street encerra semana apenas com Dow Jones a negociar em terreno positivo

Ao final do dia em Wall Street, o Dow Jones soma 0,10% para 34.429,88 pontos, o S&P 500 perde 0,13% para 4.071,45 pontos e o tecnológico Nasdaq desvaloriza 0,18% para 11.461,50 pontos. 

A bolsa de Nova Iorque terminou sessão de sexta-feira mista, apenas com o Dow Jones a registar ganhos ligeiros.

Ao final do dia em Wall Street, o Dow Jones soma 0,10% para 34.429,88 pontos, o S&P 500 perde 0,13% para 4.071,45 pontos e o tecnológico Nasdaq desvaloriza 0,18% para 11.461,50 pontos.

As ações caíram depois da divulgação dos dados sobre o trabalho divulgados na manhã de sexta-feira que mostraram que as folhas de pagamento subiram 263.000 em novembro, um ganho maior do que o aumento de 200.000 esperado por economistas consultados pela Dow Jones.

Os ganhos médios por hora também ficaram acima das expectativas, saltando 0,6% em comparação com o mês anterior e 5,1% em relação ao mesmo mês do ano anterior. A taxa de desemprego manteve-se estável em 3,7%.

Este foi o último relatório mensal de emprego antes da reunião de dois dias do Fed de 13 e 14 de dezembro, na qual o banco central deve desacelerar para um aumento de 50 pontos-base da taxa de juros em relação aos aumentos de 75 pontos-base vistos nos últimos meses.

Recomendadas

Fed conseguiu o esperado milagre de agradar a Wall Street

No dia em que a Reserva Federal deu mostras de moderação no aumento das taxas de juro, o mercado de capitais respondeu pela positiva, como não podia deixar de ser – com o Nasdaq a comandar. Resta saber quanto tempo durará o momento.

EUA: Powell reconhece primeiros sinais de alívio na inflação, mas é “prematuro declarar vitória”

O presidente da Fed afastou cortes de juros este ano, embora admita que a inflação começa a dar sinais de abrandamento. O caminho ainda é longo e a ‘aterragem suave’ continua em cima da mesa, tal como uma taxa terminal abaixo de 5%.

EUA: Reserva Federal abranda ritmo de subida dos juros com mais 25 pontos base

O mercado já antecipava esta decisão, dado o abrandamento da inflação nos últimos meses, mas a mensagem da Fed tem sido agressiva, sinalizando que o processo está ainda longe de concluído.
Comentários