Wall Street encerra sessão em terreno positivo com Nasdaq a somar mais de 1,50%

O Dow Jones terminou o dia em Wall Street a avançar 0,10% para 33.747,86 pontos, o S&P 500 a somar 0,88% para 3.991,35 pontos e o tecnologico Nasdaq a ganhar 1,88% para 11.323,33 pontos.

A bolsa de Nova Iorque encerrou sessão, desta sexta-feira, em terreno positivo com os principais índices a valorizar, especialmente o Nasdaq.

Assim, o Dow Jones terminou o dia em Wall Street a avançar 0,10% para 33.747,86 pontos, o S&P 500 a somar 0,88% para 3.991,35 pontos e o tecnologico Nasdaq a ganhar 1,88% para 11.323,33 pontos.

As ações de tecnologia na sexta-feira superaram um declínio nas criptomoedas, que ficaram sob pressão na sexta-feira depois de a FTX ter anunciado que entrou em falência e o CEO Sam Bankman-Fried renunciou ao cargo. O Bitcoin caiu 6% e o Ether caiu mais de 7%. As ações de tecnologia e as ações de criptomoedas relacionadas se recuperaram após abrir em baixa na sexta-feira.

As ações dos casinos dispararam depois que a China disse que suspenderia algumas restrições da Covid, encurtando o tempo de quarentena para viajantes internacionais em dois dias. As ações do Wynn Resorts e do Las Vegas Sands subiram mais de 8% e 6%, respectivamente.

Todos os índices estão no ritmo de uma semana vencedora. O Dow subiu cerca de 4% semanalmente, enquanto o Nasdaq Composite subiu quase 8%.  O S&P 500 agora subiu quase 14% em relação à baixa do mercado em baixa, mas ainda caiu 16% no ano.

Recomendadas

Wall Street fecha instável em face da provável recessão

A indefinição está a marcar a economia interna dos Estados Unidos. sabe-se que haverá uma recessão, mas os seus contornos em termos de profundidade e duração não são claros. E o mercado mobiliário parece não gostar disso.

Há quem queira fugir à regulação do mercado criptoativo, alerta responsável europeia

A regulação deverá chegar no espaço de um ano, diz a comissária europeia para os serviços financeiros. Mas há ‘players’ do mercado que escolhem deliberadamente jogar contra as regras, avisa. A abordagem deve ser “global”.

Lagarde e o ‘whatever it takes’ para controlar a inflação. Ouça o podcast “Mercados em Ação”

No “Mercados em Ação”, podcast do JE, vai poder contar com a análise de especialistas em temas como ações e obrigações; investimento e poupança; BCE e FED; resultados e empresas; análises e gráficos.
Comentários