Wall Street inverte ganhos devido à incerteza sobre tréguas comerciais entre EUA e China

Os três principais índices estão a negociar em terrenos negativos, invertendo os ganhos de segunda-feira. Incerteza em torno das tréguas comerciais entre os EUA e a China estão a penalizar o sentimento dos investidores. A Apple, em trajetória descendente, anunciou planos estratégicos para aumentar as vendas dos iPhones.

Reuters

Os três principais índices da bolsa de Nova Iorque abriram a desvalorizar na segunda sessão da semana, invertendo os ganhos da sessão anterior. A penalizar os mercados bolsistas norte-americanos está o ceticismo dos investidores em relação ao acordo de tréguas comerciais entre os Estados Unidos e a China, as duas maiores potências económicas mundiais.

O tecnológico Nasdaq cedeu 0,44% para 7.408,44 pontos, o industrial Dow Jones perdeu 0,35% para 25.735,96 pontos e o S&P 500 desvalorizou 0,30% para 2.782,02 pontos.

Os investidores estão a ressentir-se por causa das incertezas em torno do acordo de tréguas entre os EUA e a China, anunciado à margem da cimeira do G20, no passado fim-de-semana. A Casa Branca anunciou que o acordo teria começado no primeiro dia de dezembro, enquanto o analista económico da administração Trump, Larry Kudlow, anunciou que o acordo apenas teria ínicio a partir do dia 1 de janeiro de 2019. O conteúdo do acordo também não é conhecido pelos investidores.

[frames-chart src=”https://s.frames.news/cards/comercio-eua-china/?locale=pt-PT&static” width=”300px” id=”707″ slug=”comercio-eua-china” thumbnail-url=”https://s.frames.news/cards/comercio-eua-china/thumbnail?version=1537264160008&locale=pt-PT&publisher=www.jornaleconomico.pt” mce-placeholder=”1″]

A Apple, que está a desvalorizar 2,17% para 180,81 dólares, anunciou planos para aumentar a venda do produto flagship: o iPhone. Segundo Ramiro Loureiro, analista de mercados do Millennium bcp, citando a “Bloomberg”, a Apple transferiu pessoal do marketing para se dedicar a campanhas de modo a impulsionar as vendas dos novos iPhones. A Apple está a aplicar descontos nos modelos recentes através de uma política de devoluções. No website internacional da empresa é possível verificar que o iPhone XR está a ser vendido por $449, menos $300 do que o preço inicial sob a condicionante de ser entregue um iPhone 7 Plus como retoma, numa altura em que a Cirrus Logic, uma fornecedora da Apple, cortou as estimativas relativas ao seu 3º trimestre.

 

Nas matérias-primas, o petróleo realizou ganhos ligeiros, dando continuação à trajetória ascendente iniciada esta segunda-feira, depois de alguns dos principais páises exportadores de petróelo terem anunciado um corte na produção do “ouro negro” para reajustar a oferta à procura, de forma a escoar os barris acumulados em stock.

O barril de Brent, preço de referência mundial e para o mercado europeu, subiu 0,63% para 62,08 dólares, enquanto o West Texas Intermediate, referência para o mercado norte-americano, valorizou 0,09%, para 53 dólares.

(atualizada)

 

Relacionadas
Guerra Comercial EUA-China

Guerra comercial “evolui rapidamente” e economia mundial pode decrescer 0,5 pontos percentuais em 2019, aponta relatório

No centro do conflito estará a ambição estratégica da China de promover setores como a robótica, os veículos movidos a energias alternativas, a biotecnologia ou os equipamentos aeroespaciais e ferroviários avançados, algo que os EUA entendem como “uma ameaça existencial à sua liderança tecnológica”.

Trump não é de aço

Apesar da exaltação da direita americana ao trabalho da Administração actual na vertente económica, parece que o barco vai começar a meter água.

Saiba como a Reserva Federal norte-americana tem influência na maior economia mundial

A Reserva Federal norte-americana foi criada em 1913 quando o presidente, Woodrow Wilson, promulgou o Ato da Reserva Federal. A Fed é o banco central dos EUA e as suas decisões têm impacto direto no sistema económico financeiro norte-americano. Com a globalização dos mercados, perceber como funciona o banco central que zela pela maior economia do mundo é sempre útil.

Dívida de 6,5 mil milhões euros ao BCE vai obrigar Novo Banco a ir ao mercado, alerta Moody’s

O relatório salientou também que “o banco ainda não divulgou publicamente a sua estratégia de refinanciamento do BCE”, mas tendo em conta o rácio de cobertura de liquidez (LCR) da instituição “de 138%, terá que recorrer aos mercados para substituir os fundos TLTRO”.
Recomendadas

Cotação do barril Brent para entrega em novembro baixa para 87,96 dólares

A cotação do barril de petróleo Brent para entrega em novembro terminou esta sexta-feira no mercado de futuros de Londres em baixa de 0,73%, para os 87,96 dólares.

Wall Street encerra sessão com principais índices a perder mais de 1,50%

No momento de fecho o Dow Jones recua 1,71%para 28.725,84 pontos, o S&P 500 cede 1,51% para 3.585,40 pontos e o tecnológico Nasdaq desvaloriza 1,51% para 10.575,62 pontos. 

PremiumAções com pior mês desde junho e pode não ficar por aqui

Libra em forte desvalorização e juros da dívida do Reino Unido disparam após polémico “mini-orçamento” de Liz Truss.
Comentários