Wall Street volta a abrir em baixa. Companhias aéreas caem mais de 4%

As ações do grupo Johnson & Johnson, cujas vendas foram de 100 milhões de dólares (cerca de 83 milhões de euros) no primeiro trimestre, avançam 1,19%. A Netflix está a subir 0,76% enquanto aguarda a apresentação de contas, depois do fecho do mercado norte-americano.

Brendan McDermid/Reuters

A bolsa de Nova Iorque abriu a sessão desta terça-feira em terreno negativo, com os investidores a reagirem a mais uma rodada de resultados de grandes empresas norte-americanas.

O índice industrial Dow Jones recua 0,29% para 33.978,22 pontos, enquanto o financeiro S&P 500 perde 0,18% para os 33.978,22 pontos. Já o Nasdaq está na linha d’água e desliza 0,01% para os 13.913,10 pontos. O Russell 2000 desvaloriza 0,04% para os 2.226,60 pontos.

“As perdas acima do previsto apresentadas pela United Airlines ( castigam a transportadora aérea e o sentimento no sector de viagens e lazer. Já a IBM ganha mais de 3%. A J&J até mostrou números acima do previsto, mas tal parece insuficiente para conferir otimismo aos investidores, até porque a farmacêutica aguarda pela decisão dos reguladores de saúde dos Estados Unidos sobre o uso da sua vacina contra o coronavírus”, refere Ramiro Loureiro, trader do Millennium bcp.

Assim, a companhia aérea tomba 4,87% para 52,31 dólares, ao passo que a tecnológica dispara 3,60% para 137,91 dólares. Os títulos do grupo Johnson & Johnson, cujas vendas foram de 100 milhões de dólares (cerca de 83 milhões de euros) no primeiro trimestre, avançam 1,19% para 164,63 dólares.

A American Airlines seguiu a tendência da concorrente e afunda 4,08% para 20,67 dólares.

A Netflix está a subir 0,76% para 558,65 dólares enquanto aguarda a apresentação de contas, depois do fecho do mercado norte-americano.

“Perante a escassez de dados macroeconómicos, a atenção centra-se nos resultados empresariais. Esta semana, publicam 80 empresas do S&P 500. As expectativas são realmente boas nos Estados Unidos: +23,8% esperado para o EPS (earnings per share) do primeiro trimestre de 2021 do S&P 500. Se as previsões para a temporada de resultados se cumprirem, será a desculpa perfeitas para que esta tendência altista continue”, concluem os analistas do Bankinter.

Nas matérias-primas, o valor do ‘ouro negro’ está a subir ligeiramente. O preço do petróleo WTI, produzido no Texas, sobe 0,17% para os 63,54 dólares por barril, enquanto a cotação do barril de Brent está a valorizar 0,45% para os 67,35 dólares.

Quanto ao mercado cambial, o euro valoriza 0,11% face ao dólar, para os 1,2046 dólares, enquanto a libra esterlina desvaloriza 0,23% face à moeda dos Estados Unidos, para os 1,396 dólares.

Recomendadas

PremiumLucros em 2022 vão superar os bancos centrais?

Evolução dos mercados em 2022 entre o desempenho dos lucros e o andamento mais ‘hawkish’ das políticas monetárias.

Fundos de Investimento com 19,5 mil milhões de ativos sob gestão em dezembro

A Jerónimo Martins foi o título com maior peso nas carteiras dos fundos, representando 11,7% do total investido, com um crescimento mensal de 32,3%. Seguiram-se a Sonae, cujo valor nas carteiras dos fundos subiu 38,8%, e a Navigator cujo valor cresceu 48,6% face a novembro.

Wall Street fecha mista com Dow Jones castigado pelo sector financeiro

Apesar dos resultados positivos apresentados por JPMorgan Chase, Citigroup e Wells&Fargo, os investidores ficaram algo preocupados com a subida de custos do primeiro banco e a queda nos lucros do segundo, levando o sector a recuar na última sessão da semana.
Comentários