Web Summit quer mais mulheres no evento em 2016

A organização da Web Summit vai oferecer 10 mil entradas a mulheres que já trabalham ou queiram trabalhar em tecnologia. O projeto “Commitment to change” foi anunciado no último dia do evento deste ano, em novembro, em Dublin, por Sinead Murphy, responsável pela área de Life Events da conferência. A medida tem como objetivo aumentar […]

A organização da Web Summit vai oferecer 10 mil entradas a mulheres que já trabalham ou queiram trabalhar em tecnologia. O projeto “Commitment to change” foi anunciado no último dia do evento deste ano, em novembro, em Dublin, por Sinead Murphy, responsável pela área de Life Events da conferência. A medida tem como objetivo aumentar a presença feminina em acontecimentos ligados à inovação tecnológica. Os convites endereçados a mulheres são feitos mediante recomendação: pode propor o nome de mulheres através do site https://websummit.net/change. As destinatárias podem optar por assistir a um dos eventos organizados pela empresa que gere a conferência: Web Summit, em Lisboa, RISE, em Hong Kong, a Collision, em Nova Orleães ou a SURGE, em Bangalore.

Recomendadas

Unicórnio Anchorage Digital ensina cripto e blockchain a mais de mil engenheiros

O acordo entre a tecnológica e o Instituto de Engenheiros Eletrotécnicos e Eletrónicos prevê a organização de eventos que formem os seus membros sobre os aspetos técnicos relacionados com blockchain e sistemas descentralizados, bem como oportunidades de carreira nestas áreas.

Networking e praia. Evento de empreendedorismo internacional chega a Portugal em 2022

Depois de três edições no México, o Pitch at the Beach atravessa o Oceano Atlântico para alargar a sua rede de networking até à zona costeira portuguesa.

European Innovation Academy regressa em 2022 à versão presencial

A versão online deste ano atingiu os objetivos propostos e uma parte dos instrumentos criados para a a suportar vão continuar ativos: afinal, é a inovação digital que faz correr a academia.