Webhelp abre mais de mil vagas de emprego em Portugal (com áudio)

As vagas de emprego são sobretudo para assistente de apoio ao cliente e suporte técnico, em regime de trabalho híbrido ou presencial, fluentes em vários idiomas, incluindo francês, neerlandês e alemão.

A Webhelp está atualmente a recrutar mais de mil colaboradores em território nacional, sendo 800 as vagas nos escritórios do sul do país e 300 na região norte. O processo de recrutamento decorre entre junho e setembro.

A empresa multinacional francesa, prestadora de serviços na área da experiência do cliente e soluções empresariais, abriu vagas sobretudo nas áreas de assistência de apoio ao cliente e suporte técnico, em idiomas como o francês, inglês, alemão e línguas nórdicas. Existem também candidaturas abertas para posições de office assistant, communication manager, manager de controlo de gestão e recursos humanos.

As vagas na região sul correspondem a posições em regime de trabalho híbrido, enquanto no norte do país serão sobretudo presenciais.

“O rápido crescimento da Webhelp em Portugal proporciona a contratação de novos colaboradores durante todo o ano. De acordo com a nossa estratégia de investimento, esperamos continuar a criar postos de trabalho e a crescer no país. Com um cariz fortemente inovador e tecnológico, a Webhelp pretende fortalecer a procura de novos talentos no mercado europeu e nacional”, partilha Carlos Moreira, CEO da Webhelp Portugal.

A multinacional, que se instalou em Portugal em 2015, já investiu mais de 15 milhões de euros em infraestruturas em todo o país.

Em 2021, altura em que estreou novos escritórios em Lisboa e Braga, a empresa estabeleceu o objetivo de alcançar os 3 mil colaboradores em Portugal em dois anos, algo que se tornará realidade com as mil vagas agora anunciadas (atualmente a empresa conta com 2.300 colaboradores por todo o país, 1.360 na região de Lisboa e 940 no norte).

A diretora de Recursos Humanos da Webhelp, Lina Jesus, informa ainda que este processo de recrutamento é o resultado de vários novos clientes da empresa a serem lançados este verão. “Ao contrário da maioria do mercado corporativo Português, que nesta estação acaba por estagnar, a Webhelp, sempre inovadora, tem nestes três meses um forte pico de recrutamentos para preencher necessidades nos mais diversos setores”, acrescenta.

A Webhelp foi recentemente eleita, pela quarta vez consecutiva, como uma das “Melhores Empresas para Trabalhar em 2022” em Portugal, de acordo com a organização Great Place to Work, que analisa a cultura das empresas e as práticas e políticas de recursos humanos.

As candidaturas para as novas vagas podem ser enviadas para os seguintes contactos: Lisboa (job.lisbon@pt.webhelp.com), Braga (job.braga@pt.webhelp.com) ou Aveiro (job.aveiro@webhelp.com). Os candidatos devem anexar o CV.

Relacionadas

PremiumWebhelp investe um milhão e cria 150 empregos em Aveiro

A empresa de ‘contact centers’ gastou um milhão de euros para abrir a quarta localização em Portugal, este verão, depois de se instalar em Lisboa, em Oeiras e em Braga.
Recomendadas

SATA prevê saída de 150 trabalhadores até final de 2023 através de rescisões negociadas

Cerca de 100 trabalhadores já saíram da companhia aérea açoriana SATA desde que foi lançado o primeiro programa de rescisões, em 2020.

Empresas TVDE criaram mais de sete mil empregos em seis anos

Entre 2013, ano anterior ao lançamento da operação da Uber em Portugal, e 2019, o número de empresas no sector (plataformas de transportes de passageiros) cresceu 71%.

Há 45 anos foi vendida a primeira Coca-Cola em Portugal

Foi a 4 de julho de 1977, num café na Baixa de Lisboa. “Não só faz parte da história do país como contribui ativamente para a economia nacional. Por cada euro que é gasto em Coca-Cola, 81 cêntimos permanecem em Portugal”, diz Rui Serpa, diretor em Portugal da Coca-Cola Europacific Partners.
Comentários