WEBINAR: O período pós-pandemia

Assista em direto no próximo dia 23 de abril a um webinar onde irão ser discutidos os problemas e questões que se levantam para os grupos empresarias num período pós-pandemia.

 

Avaliar os problemas, questões e soluções que possam existir para os grupos empresariais num período pós-pandemia: é este o objetivo do webinar que se irá realizar no próximo dia 23 de abril. Pode assistir em direto no site e Facebook d’O Jornal Económico.

Numa altura em que centenas de milhares de empresas tomam medidas drásticas e de exceção para enfrentar os efeitos da crise do novo coronavírus, convém entender o que virá depois desta crise momentânea. É necessário entender os problemas e desafios existentes e responder às questões que se levantam nos grupos empresariais e tentar chegar a soluções concretas para os mesmos.

Este webinar contará com um painel composto por Paulo Mendonça, Hélder Pinheiro e Pedro Simões Pereira.

Paulo Mendonça é sócio da área de fiscalidade da EY em Portugal, sendo o responsável pela prática de preços de transferência e otimização fiscal da cadeia de valor das empresas em Portugal, Angola e Moçambique. Possui uma experiência de 26 anos nas áreas de tributação internacional, reestruturações e acompanhamento corrente a grupos nacionais e internacionais. Dedica-se, em particular, a ajudar os seus clientes a planear, financiar e documentar de forma adequada as suas operações intra-grupo, a adaptar os seus perfis às funções, riscos e ativos empregues na sua atividade, a negociar acordos prévios de preços com a AT e em processos de contencioso fiscal.

Hélder Pinheiro, Senior Manager do Departamento de Consultoria Fiscal da EY, irá falar sobre os problemas, questões e soluções para os grupos empresariais no período pós-pandemia. É especialista em temas de preços de transferência. A sua experiência profissional inclui a participação em trabalhos de planeamento e implementação de políticas de preços de transferência, de otimização da cadeia de valor de grupos multinacionais, de análise e definição de pricing de operações financeiras, de design de soluções para mitigação de riscos e trabalhos de compliance. Além disso, o Hélder tem também experiência em questões de tributação direta de empresas e incentivos fiscais.
Integra os quadros da EY desde 2006 e tem cerca de 14 anos de experiência na área fiscal. Terminou o curso de preparação para Revisor Oficial de Contas, iniciando em breve o estágio.
De Abril a Junho de 2009 integrou o Departamento de Consultoria Fiscal da Ernst & Young Abogados em Madrid.

Pedro Simões Pereira, Senior Manager do Departamento de Consultoria Fiscal da EY, integra os quadros da EY desde 2006 e tem cerca de 13 anos de experiência na área fiscal. Especialista na área de Preços de Transferência desde o início da sua carreira profissional, a sua experiência inclui, entre outras valências, a participação em trabalhos de planeamento e implementação de políticas de preços de transferência, de otimização da cadeia de valor de grupos multinacionais, de análise e definição de pricing de operações financeiras, de design de soluções para mitigação de riscos e trabalhos de compliance, bem como participação em negociação de Acordos Prévios de Preços de Transferência (APPT) com a Autoridade Tributária. Adicionalmente, tem acompanhado os seus clientes desde o início da implementação da legislação de Preços de Transferência em Angola, Cabo-Verde e Moçambique, atuando nas vertentes de preparação de documentação local para efeitos de requisitos locais e de otimização dos fluxos operacionais intragrupo.

 

 

Este conteúdo patrocinado foi produzido em colaboração com a EY.

Recomendadas

Caixa realiza Simulacro anual no edifício Sede

“O exercício teve a participação de 3 mil pessoas que se encontravam no edifício à hora do simulacro”, diz a CGD.  

Sindicato diz que contraproposta de aumentos salariais da Altice fica aquém do pretendido

A proposta da Altice consiste num aumento de 2% para valores base abaixo de 1.300 euros, garantindo um vencimento mínimo de 800 euros e de 1% para valores base entre os 1.300 euros e os 2.300 euros.

Anchorage Digital renova escritório do Porto porque “equipa em Portugal tem crescido muito”

A tecnológica liderada por Diogo Mónica, que está a comemorar cinco anos no negócio dos criptoativos, vai reabrir as portas do espaço que tem na cidade Invicta na próxima semana.
Comentários