Worx representa cadeia de hostels internacional

A consultora imobiliária representou com sucesso a Clink Hostels, que licitou um edifício na Rua da Palma. Esta cadeia internacional pretende transformar o ativo no maior hostel de Portugal.

A Worx Real Estate Consultants representou com sucesso a Clink Hostels no processo de licitação da Rua de Palma 236-238, um edifício de 4500m2, anteriormente propriedade dos CTT Correios de Portugal SA. O ativo, localizado no centro do bairro histórico de Lisboa irá transformar-se no maior hostel de Portugal. A transação foi concluída com sucesso no dia 5 de Dezembro.

A Clink Hostels está a trabalhar para criar uma cadeia de hostels divertidos, sociais e criativos no coração de algumas cidades europeias. A marca oferece aos jovens viajantes alojamento acessível, no centro da cidade e em edifícios únicos, tais como um tribunal vitoriano e uma associação estudantil em Londres ou um antigo laboratório em Amsterdão e agora, um antigo prédio de correios em Lisboa.

Niall O’Hanlon, diretor de aquisições da Clink Hostels, disse que “Lisboa é um dos destinos mais badalados do mundo e mal podemos esperar para que a Clink esteja presente.”

Recomendadas

EDP emite 500 milhões de dólares de ‘green bonds’ a 5 anos

Esta emissão destina-se ao financiamento (ou refinanciamento) do portfólio de projetos renováveis elegíveis da EDP, anuncia a empresa.

Metro de Lisboa tem um novo Provedor do Cliente e é o ex-ministro Vieira da Silva

Vieira da Silva foi eleito Provedor do Cliente do Metro de Lisboa, mas é “um contrato de prestação de serviço não remunerado”. O mandato é de um ano, renovável sucessivamente por iguais períodos.

“Nem eu nem a FPF quisemos criar esquema para iludir a AT”, defende selecionador sobre empresa que detém

Fernando Santos pretendia a anulação de liquidação de IRS no valor de cerca de 4 milhões de euros, verba relativa aos anos 2016 e 2017, sabe o JE. O contrato celebrado entre o selecionador e a FPF foi efetuado através de uma empresa, sendo que o respetivo IRC já foi liquidado.
Comentários