Wynn Macau aumenta capital em 574 milhões de euros para nova licença de jogo

A operadora de jogo Wynn Macau Ltd anunciou um aumento de capital de quase 4,8 mil milhões de patacas (573,7 milhões de euros) para cumprir as regras impostas às novas licenças de jogo na região chinesa.

A injeção será feita na Wynn Resorts (Macau) SA, subsidiária à qual o Governo atribuiu no sábado uma licença provisória para a exploração de jogos de fortuna ou azar em casino, válida por 10 anos, de acordo com um comunicado enviado à bolsa de valores de Hong Kong, no domingo.

A Wynn confirmou, na mesma nota, que o aumento de capital será feito “de forma a poder assinar um contrato para uma nova concessão de jogo” em Macau, o único local da China onde o jogo em casino é legal.

A nova lei do jogo, aprovada em junho, sobe de 200 milhões de patacas (23,9 milhões de euros) para cinco mil milhões (600 milhões de euros) o capital social mínimo das operadoras de casinos.

Após a injeção, a participação da diretora executiva da Wynn Macau, Linda Chen Chih-Ling, irá aumentar de 10% para 15%. A nova lei do jogo requer também que pelo menos 15% do capital das operadoras de jogo esteja nas mãos de um residente permanente do território.

Também no domingo, outra operadora de jogo de Macau, a Sands China Ltd, disse à bolsa de Hong Kong que teria de “cumprir certos requerimentos no que toca ao capital e participação social” para obter a licença de forma definitiva.

Outras operadoras, incluindo a Sociedade de Jogos de Macau (SJM), fundada pelo falecido magnata do jogo Stanley Ho, e a MGM China Holdings Ltd, já tinham aumentado o capital para cumprir as novas regras.

No sábado, o Governo de Macau anunciou a atribuição de licença provisória de jogo às seis operadoras presentes em Macau, deixando de fora o grupo malaio Genting, “sem experiência de exploração de jogo” no território.

A adjudicação definitiva e a celebração dos contratos vão ser finalizadas em dezembro, estando previsto que as novas licenças entrem em vigor a 01 de janeiro de 2023, disse o presidente da comissão do concurso público.

André Cheong Weng Chon disse esperar que a Assembleia Legislativa aprove, em dezembro, o regime da atividade de exploração de jogos de fortuna ou azar em casino, atualmente a ser analisada em comissão.

Cada um dos concorrentes teve de pagar uma caução de pelo menos dez milhões de patacas (1,22 milhões de euros) para apresentar as propostas a concurso, aberto no final de julho.

Desde o início da pandemia, as operadoras em Macau, que segue uma política “zero covid-19”, têm acumulado prejuízos sem precedentes devido à queda do número de visitantes, sobretudo da China, na sequência de vários surtos no território e no continente e da imposição de medidas de prevenção e controlo da doença, incluindo o encerramento dos casinos.

Recomendadas

Turquia diz que é “atualmente impossível” a entrada da Suécia na NATO

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Turquia referiu que neste momento o seu país não pode aceitar a adesão da Suécia à NATO. E não deu qualquer indicação de que Ancara tenha em vista voltar à mesa das negociações.

Tribunal espanhol determina que UEFA fica impedida de evitar Superliga

Competição que iria reunir algumas das melhores equipas do futebol europeu e mundial fica mais perto de se poder realizar. A UEFA terá feito uso da “posição de poder” para tentar impedir a realização da prova.

“A Arte da Guerra”. “Davos é um encontro de ricos a mostrarem que têm soluções para o mundo”

Menor intromissão que o costume veio de Davos, onde os ricos mais uma vez reuniram entre si no Fórum Mundial, outra vez sem a Rússia. Veja a análise do embaixador Francisco Seixas da Costa no programa da JE TV.
Comentários