XD Software e tecnológica brasileira criam ‘joint venture’ a pensar na restauração e retalho

O grupo português XD Software, fabricante de aplicações de gestão, criou uma joint venture (empresa conjunta) com a brasileira ao³ para lançar uma solução tecnológica premium para os sectores da restauração e retalho do Brasil. O objetivo inicial é conquistar cerca de 10% deste mercado sul-americano, que conta com mais de um milhão de potenciais […]

O grupo português XD Software, fabricante de aplicações de gestão, criou uma joint venture (empresa conjunta) com a brasileira ao³ para lançar uma solução tecnológica premium para os sectores da restauração e retalho do Brasil. O objetivo inicial é conquistar cerca de 10% deste mercado sul-americano, que conta com mais de um milhão de potenciais clientes.

A união destas equipas, que se apresenta ao mercado sob a marca “ao³ PDV” surge depois de mais de uma década de relação pessoal e profissional entre os gestores por trás destas organizações.

Na prática, a XD – que produz softwares para o comércio tradicional e redes de franchising – reforçará a sua equipa de desenvolvimento e contará com o conhecimento da ao³ em matérias fiscais e requisitos operacionais locais, enquanto a ao³ ficará responsável pela distribuição deste primeiro produto conjunto.

“A junção das competências de profissionais de ambas as equipas com um passado de mais de 20 anos no desenvolvimento de soluções de grande sucesso para o sector do retalho, é ímpar. Juntamos o mais avançado e completo produto de ponto de venda do mercado com a dimensão da ao³, que conta com elevada força comercial, conhecimento técnico e operacionalidade no mercado Brasileiro. Mas a cereja em cima do bolo é a forte amizade de 22 anos com Jorge Santos Carneiro, líder que muito admiro e com quem tive o privilégio de colaborar em vários projetos de sucesso para o retalho”, afirma o CEO da XD, Fábio Resende.

Já o presidente da ao³ refere que, no âmbito dos testes em curso no Brasil do primeiro produto, “recebeu muitos elogios pela estabilidade, pela eficiência da tecnologia e pela possibilidade de acompanhar o negócio em tempo real”. “Vamos começar a nossa campanha com o sector de bares e restaurantes, um mercado forte, com mais de 1 milhão de estabelecimentos no país”, avançou Jorge Santos Carneiro.

Em 2006, este empresário brasileiro, então presidente da Sage Portugal. comprou a Escripovoa, também de Fábio Resende.

Seis anos mais tarde, em 2012, Fábio Resende funda a XD Software para criar a primeira solução no mercado que fosse nativa para multiplataforma Windows, Linux e IOS. No ano passado, apresentou a primeira solução de ponto de venda para ambiente holográfico Microsoft Hololens e, atualmente, a tecnológica tem uma rede de 500 parceiros e uma operação no Brasil concentrada sobretudo nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, onde tem 68 distribuidores responsáveis por um parque de 1.200 clientes.

Recomendadas

EDP Renováveis vende Companhia Paranaense de Energia por 350 milhões de euros

A venda foi feita por um Enterprise Value (inclui dívida) estimado de 1,80 mil milhões de reais a 31 de dezembro de 2021 (o que equivale a 0,35 mil milhões de euros à taxa cambial de 5,16 euros/um real), e que será ajustado à data de conclusão.

Sindicatos desconvocam greve no Metro de Lisboa marcada para quarta-feira

No entanto, a Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações entregou um novo pré-aviso de paralisação para 25 de outubro.

Talent Protocol compra empresa canadiana ligada à blockchain

A escolha recaiu sobre a Agora Labs, fundada por um grupo de quatro adolescentes. Matthew Espinoza (agora com 20 anos) e Freeman Zhang (de 19 anos) juntam-se à equipa da startup portuguesa dos ‘tokens’ para profissionais talentosos.
Comentários