Xi Jinping visitará Hong Kong na primeira viagem fora da China continental desde o início da pandemia

“Xi Jinping participará da celebração do 25º aniversário do retorno de Hong Kong à pátria e da cerimónia de posse do sexto governo da Região Administrativa Especial de Hong Kong”, disse a agência “Xinhua”.

18 466 euros

O presidente da República Popular da China, Xi Jinping, vai a Hong Kong na próxima semana para marcar o 25º aniversário da entrega da cidade à China, naquela que será a sua primeira viagem fora do território continental desde o início da pandemia, informaram os media estatais este sábado, citados pela “CNN”.

“Xi Jinping participará da celebração do 25º aniversário do retorno de Hong Kong à pátria e da cerimónia de posse do sexto governo da Região Administrativa Especial de Hong Kong”, disse a agência “Xinhua”.

A confirmação ocorre depois que dois altos funcionários de Hong Kong deram positivo para o Covid-19 nesta semana, levantando preocupações sobre uma possível visita de líderes estaduais para as comemorações de 1º de julho.

O secretário para os Assuntos Constitucionais e do Interior, Erick Tsang, e o diretor do Gabinete do Chefe do Executivo, Eric Chan, testaram positivo e estão em isolamento, disse um comunicado do governo de Hong Kong na quinta-feira.

Mesmo assim, apesar da rigorosa política “zero Covid” da China, a visita vai acontecer. Ainda antes da confirmação, o governo de Hong Kong já se tinha começado a preparar para a chegada de uma delegação de líderes estatais de todo o país.

Recomendadas

Itália: Extrema-direita promete respeitar UE e NATO

A coligação da direita italiana aprovou o seu programa eleitoral para as legislativas antecipadas, prometendo respeitar a NATO e uma União Europeia “menos burocrática”.

Atenção, emigrantes: principal porta de acesso entre Portugal e França está cortada devido aos incêndios

O sudoeste francês continua a ser devastado pelas chamas, que obrigam a cortes nas autoestradas. O fogo já queimou quase sete mil hectares e obrigou a evacuar mais de 10 mil pessoas.

Brasil: Lula da Silva promete reforma tributária

Se for novamente eleito em outubro, Lula da Silva apoiará um projeto de reforma tributária atualmente no Senado que unificaria os impostos federais sobre o consumo num imposto único.
Comentários