Youtube: do primeiro vídeo de 18 segundos à difusão de música em linha

Um passeio feito pelo jovem Yakov Lapitsky no jardim zoológico de San Diego, na Califórnia, foi o primeiro vídeo colocado no Youtube.

O filme tem apenas 18 segundos ( foi intitulado Me at the Zoo (“Eu no Zoológico”) e o site de partilha de vídeos mais famoso do mundo seria eleito a melhor invenção do ano em 2006 pela revista Time. O ‘site’ foi fundado em fevereiro de 2005 por Steve Chen e Chad Hurley que trabalhavam no PayPal e os fundadores nem imaginavam o feito que estavam a criar naquela altura. Pouco mais de um ano depois, em outubro de 2006, o YouTube foi comprado pelo Google por 1,65 mil milhões de dólares. Em Abril de 2008, estimava-se que o site já tinha 83,4 milhões de vídeos armazenados. A história do ‘site’ de vídeos YouTube teve início numa garagem de San Francisco.

A ideia de criar o YouTube surgiu na cabeça dos dois amigos por causa dos inconvenientes que sentiam em partilhar arquivos de vídeo. “Estávamos num jantar em janeiro de 2005, onde fizemos arquivos digitais. No dia seguinte, não conseguíamos enviá-los por ‘e-mail’ e demoramos muito para colocá-los na internet. Pensamos que deveria haver uma forma mais fácil de fazer isso”, afirmou Hurley, em entrevista à revista “Fortune”.

Agora, a plataforma vídeo YouTube concluiu num acordo de licença com a primeira marca musical do mundo, a Universal Music Group, quando a filial da Google se prepara para lançar uma oferta de música em linha. Segundo vários meios de comunicação dos EUA, a YouTube também teria chegado a acordo com a Sony Music. Solicitado pela AFP a comentar, esta marca recusou-se a prestar declarações, tal como a YouTube.

Em maio, a YouTube já tinha concluído uma parceria com o terceiro grande operador de música, o Warner Music Group. Estes três acordos acontecem após anos de protestos da indústria musical, que criticava a YouTube de pagar às editoras e aos artistas apenas uma ínfima parte das receitas obtidas com os vídeos musicais colocados em linha na sua plataforma. Constituem também um preâmbulo ao lançamento de um serviço de difusão musical em linha por assinatura, esperado para o início de 2018, segundo vários meios norte-americanos.

A YouTube chega tarde a este mercado, já ultra concorrencial e dominado pela Spotify, que reivindica 60 milhões de assinantes, à frente da Apple Music, que garante contar com 27 milhões.

Relacionadas

YouTube chega a acordo com a Universal Music sobre difusão de música em linha

YouTube conseguiu um acordo de licença com a Universal Music Group, quando a filial da Google se prepara para lançar uma oferta de música em linha.

Google bloqueia YouTube nos dispositivos de streaming da Amazon

Em causa está a “falta de reciprocidade” da Amazon em chegar a um acordo sobre o acesso mútuo a produtos e serviços para clientes de ambas as empresas.

Estes são os vídeos portugueses mais populares no YouTube em 2017

A plataforma de vídeo mais famosa do mundo anunciou hoje quais foram os 10 vídeos portugueses mais populares deste ano. Descubra-os aqui.
Recomendadas

Klarna permite pagamentos faseados em 870 marcas em Portugal

Prestes a completar o primeiro ano de operação em Portugal, a fintech sueca ultrapassou a marca dos 200 mil utilizadores nacionais da aplicação que permite dividir os pagamentos em três fases.

Prémio “João Vasconcelos – Empreendedor do ano 2022” atribuído aos fundadores da Coverflex

O prémio de “Empreendedor do Ano” foi entregue pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, e por Bernardo Correia, ‘country manager’ da Google Portugal, entidade parceira desta edição.

Empresa aeronáutica prevê 6 milhões para começar a produzir aviões em Cabo Verde

“Venho elaborando este projeto já há dois anos, criei a empresa Aeronáutica Checo-Cabo-verdiana, empresa que irá produzir os aviões da Orlican e Air Craft Industries em Cabo Verde”, afirma Mónica Sofia Duarte.
Comentários