Zelensky acredita que exército está a avançar em territórios ocupados

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, disse hoje acreditar que o seu exército está a avançar em territórios ocupados pela Rússia, como Zaporizhia (Sul) e Kharkiv (Noroeste).

Contudo numa mensagem de vídeo recentemente transmitida, Zelensky ressalvou que a “situação não mudou muito” no enclave estratégico de Severodonetsk.

“Estamos a avançar, gradualmente, na região de Kharkiv, libertando a nossa terra. Mantemos a defesa em direção a Mykolaiv”, precisou o Presidente da Ucrânia.

No seu discurso, o político também assinalou os danos causados pelos ataques russos a infraestruturas estratégicas na Ucrânia, como estradas, pontes ou antenas de televisão.

“Atacar centros de televisão, destruir canais de comunicação e deixar as pessoas isoladas é uma tática dos ocupantes”, apontou.

A Rússia lançou na madrugada de 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia, que mereceu a condenação de grande parte da comunidade internacional, que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e a imposição de sanções à Rússia.

Recomendadas

Lukashenko: “Principal perigo na Ucrânia é que nazismo se transforme em fascismo”

O presidente da Bielorrússia prevê que o “fascismo” tenha que ser “combatido na Alemanha, França, Inglaterra, Espanha”.

Biden dá primeiro passo para Congresso avaliar ampliação da NATO

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, começou hoje o processo para que o Congresso americano avalie a adesão à NATO da Finlândia e da Suécia.

Lukashenko acusa Kiev de disparar mísseis contra a Bielorrússia

O presidente bielorrusso, Alexander Lukashenko, afirmou hoje que o seu exército intercetou mísseis disparados da Ucrânia que se dirigiam contra a Bielorrússia.
Comentários