Zelensky diz que não haverá paz enquanto Putin for líder da Rússia (com áudio)

No seu discurso noturno habitual à nação, Zelensky compara os mais recentes referendos ao que foi efetuado na Crimeia e garante que anexar território ucraniano significará “que não há nada para conversar com este presidente da Rússia”.

Volodymyr Zelensky/Twitter

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky disse, na noite de terça-feira, citado pelo Politico, que não haverá negociações de paz entre a Ucrânia e a Rússia enquanto Vladimir Putin permanecer como líder russo.

“Isso é claro e óbvio”, acrescentou Zelensky no discurso à nação, depois da realização de referendos realizados em regiões ucranianas numa tentativa de Putin anexar mais território ucraniano.

Zelensky disse que as tentativas da Rússia de anexar novos territórios ucranianos se assemelham ao “cenário da Crimeia”, referindo-se ao referendo iniciado por Moscovo na península que uniu-se à Rússia em 2014, embora essa anexação nunca tenha sido reconhecida por Kiev ou pelo Ocidente.

“A implementação da Rússia do chamado cenário da Crimeia é outra tentativa de anexar o território ucraniano significará que não há nada para conversar com este presidente da Rússia”, sublinhou o chefe de Estado.

“Sabíamos de antemão que seriam divulgados resultados forjados em vez do verdadeiro resultado”, referiu Zelensky, completando que  “os números desta farsa foram lançados nos media. A Rússia nem está a esconder”.

A Federação Russa planeia incorporar rapidamente as quatro regiões ucranianas ocupadas. Segundo o Kremlin , uma vez que isso aconteça,” as tentativas de Kiev de retomá-las serão consideradas por Moscovo como um ataque à própria Rússia”.

Na terça-feira, o Ministério da Defesa do Reino Unido disse que Putin vai discursar no parlamento russo na sexta-feira. “Existe uma possibilidade realista de que Putin use o discurso para anunciar formalmente a adesão das regiões ocupadas da Ucrânia à Rússia”, revelou.

Recomendadas

Ucrânia: Duas bases aéreas russas atacadas por ‘drones’ ucranianos

O Ministério da Defesa da Rússia afirmou que duas bases aéreas situadas no centro do país foram hoje atacadas por ‘drones’ (aeronaves não-tripuladas) ucranianos, fazendo três mortos.

EUA. Democratas e Republicanos em disputa acesa por último lugar no Senado

O último assento do Senado norte-americano por atribuir nas eleições intercalares será decidido terça-feira, numa segunda volta renhida no estado da Georgia entre o Democrata Raphael Warnock e o Republicano Herschel Walker.

“A Arte da Guerra”. “Os curdos são uma espinha encravada na garganta da Turquia há muito tempo”

A entrada dos exércitos da Turquia na Síria está iminente em resultado de um atentado em Istambul atribuído ao PKK, partido curdo na Turquia. Veja a análise de Francisco Seixas da Costa no programa da plataforma multimédia JE TV.
Comentários