A-ETPL

Liscont prossegue trabalho no porto de Lisboa apesar de greve de estivadores se manter desde 19 de fevereiro

Diogo Marecos reconhece, em declarações ao Jornal Económico, que a atividade da empresa foi afetada pela greve e pela fuga de armadores internacionais do porto de Lisboa, uma situação que o Grupo Yilport está tentar ultrapassar.

Sindicato dos estivadores vai levar empresas portuárias para tribunal

António Mariano, presidente do SEAL, acusa as empresas de trabalho portuário de “despedimento coletivo encapotado”, “gestão danosa” e “fraude”.