Adolfo Mesquita Nunes

Adolfo Mesquita Nunes anuncia desfiliação do CDS-PP

A desfiliação do CDS-PP, explica Adolfo Mesquita Nunes, é tomada em nome da liberdade. Adolfo Mesquita Nunes considera que o partido em que se filiou, “o CDS-PP das liberdades, deixou de existir”, e acrescenta que a desfiliação não se fundamenta nas “profundas discordâncias” com o rumo seguido pela direção eleita.

CDS-PP: A crise na liderança que se tornou numa luta pela sobrevivência

A direção do CDS-PP abanou mas não caiu, após Adolfo Mesquita Nunes ter pedido eleições antecipadas. Francisco Rodrigues dos Santos conseguiu aprovar uma moção de confiança, no Conselho Nacional, e legitimar a sua liderança. No entanto, a polémica em torno da sobrevivência do partido está longe de acabar.

Moção de confiança aprovada com 54%. Francisco Rodrigues dos Santos resiste à investida e sai vencedor

O Conselho Nacional do CDS terminou já alta madrugada: dos 265 votantes, 144 decidiram renovar a confiança na direção dos democratas-cristãos. Adolfo Mesquita Nunes, o opositor, reagiu, no Facebook: “respeito o resultado, assim como a avaliação positiva que o Conselho Nacional faz desta direção e da sua estratégia”.

Adolfo Mesquita Nunes pede congresso no CDS para “apelar ao seu sentimento vital” do partido

Para o antigo dirigente centrista, “o próximo conselho nacional devia responder a uma pergunta: estão as coisas a correr bem ou chegamos a um ponto em que temos de voltar a ouvir o partido”.

Mesquita Nunes será candidato à liderança do CDS-PP se for marcado congresso

O antigo secretário de Estado propôs a realização de um Conselho Nacional para convocar eleições antecipadas para a liderança ainda antes das eleições autárquicas, e defendeu que esta direção “não conseguirá” resolver “a crise de sobrevivência” do partido.

“O meu lugar está sempre à disposição dos militantes do partido”, diz líder do CDS

Francisco Rodrigues dos Santos diz que não foi eleito por ter padrinhos no partido “nem com apoio de barões”. “Fui eleito com o apoio das bases do CDS que sabem que estarei neste lugar até entenderem que eu sou útil ao serviço do meu país”, sublinhou o dirigente centrista.

Adolfo Mesquita Nunes propõe Conselho Nacional para marcar eleições antecipadas no CDS-PP

O ex-secretário de estado do Turismo e antigo vice-presidente do CDS-PP considera que a “crise de sobrevivência” que o partido enfrenta não poderá ser resolvida pela atual direção e que é preciso “mudar de caminho” para travar a “velocidade da erosão” do CDS-PP.

“Queremos ser os sociais-democratas da miséria?”, questiona Sérgio Sousa Pinto

Num debate promovido pela SEDES, os políticos Sérgio Sousa Pinto, do PS, e Adolfo Mesquita Nunes, do CDS, concordaram que a concentração de riqueza é um problema que tem de ser resolvido. E concordaram também que Portugal não empreendeu verdadeiramente a social-democracia da Escandinávia.

“Ver pessoas que fizeram percurso político comigo a legitimar ditadores porque à esquerda também os há, perturba-me”, diz ex-vice do CDS

“Começa a existir uma polarização já não vocacionada para aquilo que me faz aderir a uma coisa, mas àquilo que me repele do lado de lá. Nesse combate começa a surgir a ideia de que o outro lado quer destruir-me e isto tem permitido o fim da decência face ao adversário”, disse o ex-vice do CDS.
Ver mais artigos