arábia saudita

“Hat Trick” no “Jogo Económico”. Depois do Mundial, o Qatar quer receber os Jogos Olímpicos

Veja a análise aos números da semana na rubrica do programa da plataforma multimédia JE TV.

Imposto extraordinário

O aumento de preços que se esconde atrás das taxas e contribuições está, pouco a pouco, a contribuir para o aumento da inflação, que agora se quer combater com… mais impostos.

Ativista Raif Badawi proibido de deixar a Arábia Saudita durante 10 anos após libertação

O ex-vencedor do prémio Repórteres Sem Fronteiras pela liberdade de imprensa, de 38 anos, foi preso em 2012 e condenado no final de 2014 a 10 anos de prisão e 50 chibatadas por semana durante vinte semanas por ter defendido, em particular, o fim da influência da religião na vida pública. Após a libertação de Badawi, a Amnistia informou a AFP de estar “trabalhar ativamente para que todas as condições” ligadas à sua libertação sejam “levantadas”, em particular a proibição de deixar o território saudita durante 10 anos.

Seixas da Costa: “Israel está mais preocupado com o acordo nuclear e com o papel do Irão”

“Não me parece que Israel esteja muito preocupado com isso, creio que a preocupação maior será com um saldo final do acordo nuclear que possa colocar dúvidas relativamente ao papel do Irão”, realçou Francisco Seixas da Costa na última edição do programa “A Arte da Guerra”.

Mohammed bin Salman revela conversações para compra de 1% da Aramco por “líder global de energia”

O príncipe saudita ão revelou que companhia se prepara para tentar este acordo, mas afiança que se trata de uma líder global de um país enorme. A Aramco é uma das maiores empresas mundiais, sendo responsável pela maior produção diária de barris de petróleo do mundo.

Zippy expande rede internacional com nova loja na Arábia Saudita

Marca de vestuário do Grupo Sonae já conta com 17 lojas neste país do Médio Oriente, onde está presente desde 2010.

Oficial: Sauditas mantêm corte diário de 1 milhão de barris de crude em abril, Rússia pode aumentar 130 mil

As decisões sobre os níveis de produção para abril foram tomadas numa reunião virtual da OPEP+ esta quinta-feira onde se confirmou a intenção saudita de manter os cortes na produção, permitindo apenas alguns ajustes para fazer face à procura interna russa e cazaque. Os preços do barril de crude e Brent vão aproveitando as boas notícias e sobem mais de 5%.

Barril de petróleo atinge máximos de mais de um ano

A expectativa de um acordo relativamente ao pacote de estímulos à economia norte-americana, juntamente com um dólar mais fraco nesta sessão de segunda-feira e a diminuição da ameaça de mais exportações iranianas motivaram a subida do ouro negro, que se aproxima de valores pré-pandemia.

OPEP+: Arábia Saudita aceita cortes voluntários para manter produção mundial estável

A Arábia Saudita consegue assim atender aos pedidos de russos e cazaques, que pretendiam ver a produção do cartel aumentar 500 mil barris por dia, o que contraria a cautela que a maior parte do bloco prefere, face à ameaça persistente da Covid-19.
Ver mais artigos