Associação de Lesados em Obrigações e Produtos Estruturados

Lesados da PT: “Mecanismo de arbitragem da CMVM deixa-nos num papel de fragilidade”

A associação que representa os lesados da extinta PT/Oi tem a decorrer uma petição que pretende levar, em breve, ao Parlamento com o objetivo de ser criado um tribunal arbitral especializado e um provedor do investidor. Por entender que a ação da CMVM na intermediação de conflito entre investidores lesados e banca não funciona, os lesados da PT/Oi venha a legislar em prol de um centro de arbitragem para “agilizar a justiça no campo financeiro”.

Lesados da PT otimistas com venda da participação da Oi na Unitel à Sonangol

Presidente da associação que representa os lesados da PT, Francisco Mateus, considera a venda da participação de 25% na Unitel à Sonangol uma “boa notícia”, ainda que o encaixe financeiro da Oi não reverta a favor dos credores da antiga PT. “Aos credores interessa que a Oi seja sólida e que perdure, porque só assim poderão recuperar o que investiram [nos ativos da extinta PT]”, afirma em declarações ao Jornal Económico