ataques

Grupo Anonymous declara ciberguerra contra a Rússia, na sequência da invasão da Ucrânia

A conta dos Anonymous tem ainda avançado com algumas informações sobre os confrontos na Ucrânia, principalmente com a anúncio de ataques.

Snake Keylogger: vírus que custa 20 euros foi a ameaça mais perigosa de julho em Portugal

Em termos globais, o primeiro lugar da lista de malwares mais detectados está o Trickbot.

Kaspersky denuncia aumento de mais de 550% nos ataques contra recursos de ensino online

O mês em que a Kaspersky concluiu ter havido um maior aumento de ataques foi em Janeiro de 2020.

ONU diz que “ataques deliberados” contra pessoal e instalações médicas aumentaram

A missão de assistência da ONU no Afeganistão (UNAMA) alertou hoje que, durante a pandemia da covid-19, tanto talibãs como as forças do governo e outros intervenientes aumentaram os seus “ataques deliberados” contra pessoal e instalações sanitárias.

Trump ordenou ataques contra o Irão mas acabou por recuar

Os ataques foram recomendados pelo Pentágono depois de um drone não-tripulado dos Estados Unidos ter sido abatido pelo Irão.

Português entre os 156 mortos numa série de explosões no Sri Lanka

As explosões ocorreram “quase em simultâneo”, pelas 08:45 (03:15 em Portugal), de acordo com fontes policiais citadas por agências internacionais.

Mais de 30% das empresas foram alvo de ataques de criptomining em 2018

Em Portugal, o Coinhive foi o malware que maior impacto teve, contando com cerca de 46,8% de empresas infetadas. Em segundo e terceiro lugar neste top encontram-se o criptoloot (38,43%) e o jsecoin (26,57%), respetivamente, segundo o “Security Report 2019”.

Mais de 40% dos computadores industriais foram vítimas de ataques no primeiro semestre de 2018

Na primeira metade de 2018, 41,2% dos computadores ICS foram atacados pelo menos uma vez.

Dragonfly: ‘hackers’ atacam empresas de energia na Europa e EUA

“O setor da energia na Europa e América do Norte está a ser alvo de uma nova onda de ataques cibernéticos que pode dar aos atacantes meios para perturbar de forma grave as operações”, concluiu um relatório da Symantec, publicado esta quarta-feira.
Ver mais artigos