Banco de Fomento de Angola

Ex-vice-presidente do BFA alertou regulador angolano para “incumprimento grave” das normas bancárias

O ex-vice-presidente do Banco de Fomento Angola (BFA), António Domingues, que apresentou demissão na semana passada, alertou o regulador angolano para o “incumprimento grave” das normas do setor bancário por parte de um vogal executivo da instituição financeira.

Lucros do BFA caem 51% em 2019 para 344,5 milhões de dólares

Isabel dos Santos é acionista do BFA através da Unitel, a principal operadora de telecomunicações de Angola. A filha do ex-presidente angolano, José Eduardo dos Santos, tem 25% do capital da Unitel, mas a participação foi arrestada pelo Tribunal Provincial de Luanda em dezembro de 2019.