Bárbara Guimarães

Manuel Maria Carrilho condenado a três anos e nove meses de cadeia por violência doméstica

O ex-ministro da Cultura terá ainda de pagar uma indemnização de 40 mil euros à sua ex-mulher, a apresentadora da SIC Bárbara Guimarães, por danos não patrimoniais sofridos. Carrilho tinha sido absolvido pelo tribunal de primeira instância do crime de violência doméstica, sendo apenas condenado pelo crime de difamação.  

Carrilho acusado de mais dois crimes por agredir psiquiatra no tribunal

Apesar de haver testemunhas, o antigo ministro da Cultura diz não ter “memória de qualquer episódio desse género”. No intervalo do julgamento sobre o processo dos filhos, o antigo ministro da Cultura agrediu o médico psiquiatra Pedro Strecht.