capitalização

Madeira: Banco de Fomento promove webinar sobre soluções de capitalização

O evento pretende “dar a conhecer os instrumentos financeiros de capital, operacionalizados pelo Banco Português de Fomento, para apoiar o empreendedorismo e o reforço da capacitação empresarial das empresas da Região Autónoma da Madeira, especialmente no que respeita a projetos de expansão, internacionalização ou inovação”.

Cidadão transfronteiriço

Para se tornar forte e competitiva, a economia portuguesa não necessita só de financiamento e capitalização, mas também de agilização, pelo que a questão das nossas fronteiras é fundamental para o futuro do país.

João Moreira Rato: “Os fundos europeus não estão desenhados para salvar empresas”

A saída das moratórias vai trazer algum malparado, bastante concentrado em alguns sectores de actividade, mas a generalidade dos bancos terá capacidade para aguentar este aumento.

Investir sem o peso da dívida

As PME precisam de ter acesso a soluções mais diversificadas e facilitadoras de capitalização, aproveitando o novo ciclo de fundos comunitários. Para isso, o Banco de Fomento terá de ser um ‘game changer’.

Preparar 2021

A principal razão que irá continuar a suportar os mercados em 2021 é a decisão dos bancos centrais de intervirem de forma coordenada e apoiarem a política fiscal expansionista dos governos, sem limites.

Finalmente o “banco bom”?

Tão ou mais importante que o capital disponível é a estratégia para o aplicar, de forma a garantir um impacto positivo na tesouraria, no investimento e na competitividade das empresas.

O darwinismo dos índices

A característica mais interessante dos índices é a sua evolução ao longo do tempo. Os critérios de entrada e saída das ações do índice fazem com que a sua constituição vá mudando, resultando numa “seleção natural”.

Banca: parceira ou concorrente das empresas?

Importa avaliar o investidor já não apenas pelo que configura em termos de capitalização, mas sobretudo pela força das suas ideias de negócio.

Incentivos perversos

Deveriam ser criadas medidas compensatórias para as empresas que não recorram a qualquer tipo de apoio estatal, como a redução de custos dos financiamentos já em curso.
Ver mais artigos