combatentes estrangeiros

“Ataquem”: Península Ibérica na mira do Estado Islâmico

Em Espanha existem cerca de 200 cidadãos radicalizados e mais de 800 pessoas estão a ser investigadas por alegadas ligações ao autoproclamado Estado Islâmico.