Curso de Estudos Avançados em Gestão Pública

“Somos contra o emprego pago”, diz Ana Avoila sobre curso do Estado

A propina associada ao curso, que permite a entrada direta na Função Pública, tem um valor de 5 mil euros e está na base dos críticas da coordenadora da Frente Comum dos Sindicatos da Administração Pública, em declarações ao Jornal Económico.

“Emprego na Administração Pública não se compra”. FESAP critica propina de 5 mil euros para curso do Estado

A Federação de Sindicatos da Administração Pública defende que o curso não pode ser só para quem tem dinheiro.