demissão

Carreirismo e democracia

Pedro Nuno Santos irá para o parlamento dentro de um mês, onde deverá ser incómodo, sobretudo para o atual ministro das Finanças, Fernando Medina, o arquirrival e concorrente pela liderança do PS.

Dissolução do Parlamento?

Ironicamente, Pedro Nuno Santos corre o risco de ser o Pedro Santana Lopes do PS. Sobra-lhe em ambição o que lhe falta em competência. Sobra-lhe em arrogância o que lhe falta em substância.

Um caso pornográfico

Não quero ser accionista da TAP, mas enquanto ela for de todos os portugueses tem de ser severamente escrutinada, porque a sua gestão cheira demasiado a esturro.

O mata-borrão já voltou de férias

O orçamento do Ministério da Saúde é equivalente ao dinheiro que recebemos da bazuca, como o próprio António Costa frisou, logo, não há falta de dinheiro. Apenas persistem no SNS os problemas de décadas.

A saída pela porta pequena

O SNS está doente e Temido não ajudou à recuperação. Poderia ter saído pela porta grande, ser deputada e assumir o papel de “senadora”.

O sempre-em-pé

O uso de máscara, o distanciamento físico e a etiqueta respiratória são só para inglês ver e português respeitar. Neste caso concreto, de nada serve os partidos exigirem a demissão do ministro.

O homem e o sistema

Francisco Ramos falhou mas o que fez o Governo está à vista: nomeou por confiança político-partidária, retira o fardo, mantém o emprego.

Uma vacina para ti, uma vacina para mim

É criminoso não escolher os melhores para liderarem o processo e pactuar com um punhado de portugueses que beneficia da complacência de um país de excessivos brandos costumes. Começa a ser hora de “cortar a direito”.
TAP Portugal

TAP: demite-se administrador da equipa de David Neeleman

Raffael Guarita Quintas Alves renunciou a todos os cargos nas diversas empresas participadas da companhia aérea nacional, com efeitos a partir de hoje, dia 15 de janeiro.
Ver mais artigos