depósitos

Taxa média dos novos depósitos atinge 0,35%, a mais baixa da zona euro

Enquanto a remuneração dos depósitos continua baixa, a taxa de juro dos novos empréstimos para a compra de casa fixou-se em 3,24% em 2022, um máximo desde julho de 2014.

Irá a Caixa dar o exemplo e subir as taxas dos depósitos?

Estamos a chegar a um momento em que já não é possível continuar a adiar o momento em que os depósitos começam a ser remunerados com taxas minimamente atrativas.

Soluções para a habitação (2)

Não se compreende como é que a Santa Casa tem, em simultâneo, tanto património imobiliário por reabilitar em Lisboa, onde existe uma tão flagrante escassez de habitação, e 137 milhões de euros em depósitos, em 2020. Onde pára o relatório e contas de 2021?

O interesse nos depósitos

O grande montante aplicado em depósitos começa a ser alvo de interesse por parte dos políticos.

Covid-19 e o futuro dos bancos

Famílias e empresas esperam que os bancos saibam estar à altura desta emergência social que deixará muitos sem rendimentos para honrar os seus compromissos bancários.

Bancos espanhóis dizem que não cobrarão taxas a depósitos de pequenos clientes

Os bancos espanhóis descartaram a hipótese de cobrar taxas a depósitos dos pequenos clientes, apesar da pressão sobre a margem financeira devido aos juros negativos, enquanto em Portugal a lei impede mesmo os bancos de o fazerem.

Juros dos depósitos em Portugal

Os bancos portugueses estão em terceiro lugar entre os que menos pagam por depósitos, apenas atrás de Espanha e Irlanda.

Gastai e endividai-vos

Em poucos dias, a Caixa baixou os juros dos depósitos e também os ‘spreads’ de crédito. A mensagem do banco público, e em certa medida do Estado, é: gastai e endividai-vos.

Juros de depósitos chega aos 17 milhões de euros na Madeira

O Funchal é responsável por 10,5 milhões de euros dos juros de depósitos dos clientes em bancos, caixas económicas e caixas de crédito agrícolas mútuo.
Ver mais artigos