deputada não-inscrita

Deputada Cristina Rodrigues propõe campanha de combate à pirataria de jornais e revistas

A ex-deputada do PAN defende uma maior fiscalização à partilha ilegal de jornais e revistas em formato PDF e de serviços de ‘clipping’, e que seja criado um código de boas práticas de utilização de peças noticiosas na Administração Pública.
joacine_katar_moreira_livre

Joacine pede nulidade legal da venda das seis barragens do Douro à Engie

A deputada não-inscrita Joacine Katar Moreira alerta que o parecer da Agência Portuguesa do Ambiente “padece de vício”, porque autoriza a venda das barragens para uma “entidade inexistente”, e pede que sejam apuradas responsabilidades.
joacine_katar_moreira_livre

Joacine propõe apoios diretos e alargamento da tarifa social para combater pobreza energética

A deputada não-inscrita (eleita pelo Livre) considera “necessário” reforçar os programas de apoio à eficiência energética dos edifícios e garantir, através de apoios diretos, o aquecimento devido das habitações. 

Deputada Cristina Rodrigues pede ao Governo que rejeite atual acordo entre UE e Mercosul

A ex-deputada do PAN alerta para os “graves impactos ambientais” do atual Acordo UE-Mercosul e pede ao Executivo que, à semelhança de outros países europeus, tome medidas para que haja um novo acordo com base no “desenvolvimento sustentável”.
joacine_katar_moreira_livre

Joacine passa a deputada não inscrita. Que direitos perde e o que mantém?

A deputada Joacine Katar-Moreira passou à condição de deputada não-inscrita, após retirada de confiança do Livre. A decisão foi comunicada ao presidente do Parlamento, Eduardo Ferro Rodrigues. A deputada perde direitos e subvenção, mas ainda terá algum poder. Em termos de subvenções, a deputada vai perder cerca de 60 mil euros por ano.