DIAP

‘Operação Triângulo’: MP suspeita de desvio de fundos por autarca de Vila Real de Santo António “pelo menos desde 2018”

A Procuradoria-Geral da República confirmou esta terça-feira que foram detidas quatro pessoas por suspeitas dos crimes de corrupção, recebimento indevido de vantagem e abuso de poder. Entre os detidos está a presidente da Câmara de Vila Real de Santo António, um trabalhador da Administração Pública e dois empresários.

Quase um ano depois, investigação a “altos responsáveis” da administração pública ainda não tem arguidos

Na mira da Justiça está o inspetor-geral das Finanças, que pediu recentemente para sair do cargo. Além de Vítor Braz e uma chefe de equipa da IGF, detetada no caso ‘Swissleaks”,  juntam-se ainda vários outros inspectores com cargos de direcção na investigação a suspeitas de crimes de corrupção, peculato e abuso de poder. Depois das buscas realizadas há cerca de um ano, este inquérito ainda não tem arguidos.

Ex-secretário de Estado condenado a quatro anos de prisão com pena suspensa por peculato

José Conde Rodrigues, ex-secretário de Estado da Justiça e da Administração Interna nos dois governos liderados por José Sócrates, foi hoje condenado a quatro anos de prisão (com pena suspensa) e pagamento de multa por causa de um crime de peculato. No mesmo processo, relacionado com gastos em cartões de crédito do Estado, José Magalhães, outro ex-secretário de Estado da Justiça, foi absolvido.

Mega processo por ‘faturas falsas’ no setor da cortiça lesou Estado em 26 milhões

Ministério Público deduziu acusação por crimes de fraude fiscal qualificada e falsidade informática num processo com 169 arguidos, entre pessoas singulares e empresas. Suspeitos obtiveram vantagens fiscais indevidas em sede de IVA e IRC, lesando os cofres do Estado em 26 milhões de euros.

Bruno de Carvalho suspeito de tirar meio milhão de euros ao Sporting

Em causa estão duas transferências de dinheiro que saíram do clube um dia depois da destituição do ex-presidente do clube. Verbas terão sido usadas para pagar a duas construtoras.

Frederico Varandas ouvido no DIAP como testemunha do ataque a Alcochete

O presidente do Sporting, Frederico Varandas, foi hoje ouvido no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa, no âmbito da investigação ao ataque à Academia de Alcochete, disse à Lusa fonte do clube lisboeta.

Bruno de Carvalho quis ser ouvido no DCIAP, mas foi remetido para o DIAP

Advogado do ex-líder do Sporting apresentou-se no DCIAP para Bruno de Carvalho ser ouvido no processo relacionado com as agressões de Alcochete. Mas foi remetido para o DIAP de Lisboa que dirige este inquérito. Novo requerimento da defesa do antigo presidente do SCP vai ser agora “apreciado”, revela a PGR.

Respostas rápidas: Quais são os novos desenvolvimentos do caso e-toupeira?

A SAD das ‘águias’ foi constituída arguida, enquanto pessoa coletiva, no caso e-toupeira esta segunda-feira. O clube da Luz avançou com a impugnação da decisão da justiça portuguesa. Processo conta agora com oito arguidos. Saiba aqui o que está em causa neste processo judicial.

Ministério Público e Polícia Judiciária investigam fogo de Monchique

Fonte oficial da PJ confirmou que a polícia “está a investigar” o incêndio, no âmbito desta investigação titulada pelo DIAP de Faro.
Ver mais artigos