Eduardo Oliveira e Sousa

CAP pede reunião urgente a António Costa para atenuar efeitos da seca em Portugal

A confederação presidida por Eduardo Oliveira e Sousa enviou ao Primeiro-ministro um conjunto de cerca de 30 medidas que gostaria de ver aprovadas pelo Governo para o sector agrícola nacional, com destaque para as que respeitam ao domínio financeiro.

CAP critica portaria do Governo sobre ‘eletricidade verde’

A CAP rejeita na íntegra o teor da portaria, enganoso ou enganado face ao que foi aprovado e está em vigor, e exige que a portaria regulamente o que foi efetivamente aprovado pelo Parlamento. O Governo – qualquer Governo – não pode regulamentar através de portaria, contrariando especificamente o que a Lei do Orçamento aprovou.

CAP acusa Estado de falhar pagamento de 25 milhões de euros a mais de 12.500 agricultores

Em causa está incumprimento do Estado nos pagamentos de medidas agroambientais cuja liquidação estava programada para a passada sexta-feira, dia 30 de janeiro. A confederação de agriculotores presidida por Eduardo Oliveira e Sousa apela para que o Ministério da Agricultura resolve esta situação no mais curto prazo possível, isto é, já no decurso da semana que hoje, dia 2 de novembro, se inicia.

Uma barragem no Tejo e agricultura no mar. Conheça as ideias do presidente da CAP para garantir o futuro do setor em Portugal

“Temos aqui uma nova necessidade de olhar para uma outra reserva de água, estratégica, que poderá salvaguardar-nos o futuro de uma região vastíssima de Portugal, que é uma barragem na bacia do rio Tejo, que pode beneficiar Lisboa, inclusivamente em termos de assegurar o seu abastecimento de água, e que pode ser uma barreira à invasão de água salgada, que está a subir pelo Tejo, e a perigar os terrenos”, defende Eduardo Oliveira e Sousa.

Presidente da CAP critica Governo pela decisão de aumentar salário mínimo nacional

Eduardo Oliveira e Sousa acusa o ministro das Finanças, João Leão, de ter anunciado a medida sem ter negociado com os parceiros sociais e alerta para a erosão de emprego e para o aumento de falências de empresas do setor que esta medida pode implicar.

Presidente da CAP: “Temos que pensar na questão das barragens que seja possível construir”

Energias renováveis; gestão da água; gestão do solo; florestas; desenvolvimento industrial, agroindustrial e agroflorestal; promoção comercial e centros de I&D – Investigação & Desenvolvimento são as sete áreas prioritárias focadas pelo documento estratégico da CAP, ‘Ambição Agro 2020-30’, que foi apresentado hoje, dia 24 de setembro, no Centro Cultural de Belém.

CAP apresenta contributo para plano de Costa Silva para a recuperação económica do país

O grande objetivo deste documento estratégico, que vai ser apresentado hoje, dia 24 de setembro, no Centro Cultural de Belém, pela organização liderada por Eduardo Oliveira e Sousa, é acelerar a recuperação económica e impulsionar o setor agroflorestal e o interior do país.

Eduardo Oliveira e Sousa reeleito para novo mandato à frente da CAP

Segundo este responsável, “a agricultura foi um dos motores da recuperação económica da crise que julgávamos ter deixado para trás”.

CAP contra novas taxas sobre as carnes e as madeiras

A organização presidida por Eduardo Oliveira e Sousa considera que as propostas para taxar as madeiras e as carnes, são “profundamente demagógicas e infundadas” e alerta para o seu “impacto fortemente negativo na atividade económica e no mundo rural”.
Ver mais artigos