eleições

A criação de novas províncias e o sistema eleitoral angolano (I)

Admitir, sem nenhum tipo de limite constitucional, que o legislador ordinário angolano pode criar novas províncias significa aceitar que o Estado unitário angolano pode ser espartilhado em províncias para a realização de fins eleitorais circunstanciais.

Obiang vence e Guiné Equatorial continuará rica apenas no papel, diz consultora Oxford Economics

Num comentário à previsível vitória de Obiang nas eleições presidenciais de domingo, analistas do departamento africano desta consultora londrina explicam que a razão para a disparidade entre a riqueza do país e a pobreza do seu povo está na liderança política.

Livra!

O indicador económico mais seguido do momento é e vai continuar a ser a taxa de inflação nos EUA. Enquanto estiver alta, as taxas de juro vão subir.

O Brasil, mesmo aqui ao lado

Ganhe Bolsonaro ou Lula, quem vier agora terá em nós um país atento, mesmo que por vezes a comunicação social fale do país Brasil de forma errónea ou desviada.

Estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro vão decidir o próximo Presidente do Brasil

Em conjunto, os três estados representam 40% do eleitorado que vai a votos dentro de pouco mais de duas semanas e devem decidir a eleição, consideram analistas ouvidos pela Lusa.

CPLP confirma missão de observação para as eleições em São Tomé e Príncipe

As eleições legislativas, regional e autárquicas em São Tomé e Príncipe vão realizar-se a 25 de setembro

Angola vai a votos dia 24. Eleitores residentes fora do país podem votar pela primeira vez

Nestas quintas eleições da história participam sete partidos e uma coligação e além da primeira participação de dois partidos, o Partido Humanista (PH) e o Partido Nacionalista da Justiça em Angola (P-Njango).
Ver mais artigos