eletricidade

EDP regista crescimento de 3% na produção de eletricidade à boleia de geração renovável e térmica

A EDP teve também um crescimento de 11% na geração eólica e solar, adicionou 2,2 GW de projetos renováveis, e registou um aumento de 15% na geração hídrica.

Uma polémica mais grave do que se possa pensar

O governo espanhol reduziu o IVA da eletricidade duas vezes em 2022, fixando-se em 5%. Também o fez com o gás. Nesta terça-feira eliminou o IVA nos bens essenciais.

Produção de energia elétrica aumentou 5% na Madeira

71,5% da produção de energia foi de origem térmica, 15,3% de origem eólica, 9,4% de origem hídrica e 3,8% de origem fotovoltaica. O consumo de energia elétrica aumentou 4,4%.

Madeira quer apostar na produção de eletricidade a partir de fontes renováveis para atingir neutralidade carbónica

O objetivo passa por ter 50% da participação dos recursos energéticos renováveis na produção de eletricidade.

Candidaturas ao EDP Trainee Program encerram a 4 de dezembro

Programa desafia jovens de todas as áreas de formação e nacionalidades a contribuírem ativamente para soluções inovadoras no sector energético.

Paulo Rangel sobre acordo das interconexões ibéricas: “prejudica o interesse nacional, é mau”

O vice-presidente do PSD, reagiu este sábado, 22 de outubro, ao acordo anunciado por António Costa entre Portugal, Espanha e França quinta-feira, em Bruxelas, afirmando que é um mau acordo. “Trocámos o valor das nossas renováveis e o potencial do porto de Sines por um prato de lentilhas”.

E se começarmos a incorporar a tecnologia para darmos saltos de produtividade?

Para darmos o passo em frente é preciso mais do que experiência e intuição. São necessárias ferramentas e tecnologia que nos permitam decidir em função de dados e realidade. Tentar e experimentar com risco aceitável.

Madeira terá 1,2 milhões de euros para fornecer energia elétrica ‘limpa’ a navios

Até maio já tinham sido contabilizadas 158 escalas no porto do Funchal.

Redes de eletricidade em baixa tensão: o fim de um monopólio?

O processo de concessões para a exploração da rede de distribuição em baixa tensão, será uma excelente oportunidade para o Estado português dar um passo em frente e antecipar o futuro.
Ver mais artigos